Mãe suspeita de agredir filha com cabo de vassoura pode ser presa, no Sertão da Paraíba

Publicado em sexta-feira, maio 16, 2014 ·

Município de Sousa
Município de Sousa

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho realizado pela 19ª Delegacia Seccional, com sede em Sousa, no Sertão paraibano, vai pedir a prisão preventiva da dona de casa Samara Menezes de Gomes, 31, acusada de agredir a própria filha, de 11 anos, com golpes de cabo de vassoura. O fato aconteceu na manhã dessa quinta-feira (15), na residência da criança, no bairro Rachel Gadelha. Após as agressões, a garota foi para a escola, onde a direção acionou o Conselho Tutelar para acompanhar o caso, juntamente com a polícia.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
De acordo com o delegado Sylvio Rabelo, titular da Seccional, imediatamente a Polícia Civil localizou a mãe da menina e a interrogou. A prisão preventiva de Samara Menezes já foi solicitada à Justiça local, por lesão corporal grave, maus tratos e violência doméstica. “Ela alegou que bateu na criança por ela se recusar a estudar e ser muito trabalhosa. Já a garota explicou que apanhou porque não lavou os pratos. Ela está com lesões nos dois antebraços, braços, escápula esquerda e região lombar e deve permanecer com gesso por 25 dias”, explicou, acrescentando que a vítima foi encaminhada para acompanhamento psicológico.

A Polícia Civil continua as investigações referentes ao caso, para apurar se houve apenas as agressões que resultaram na denúncia ou a violência acontecia com frequência por parte de Samara Menezes. “Nesse caso, a genitora da menina poderá responder pelo crime de tortura”, frisou a policial.

O nome da dona de casa foi divulgado pela Secretaria de Comunicação do Estado.

PORTAL CORREIO

Comentários

Tags : , , , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS
















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627