Mãe surpreende ao ficar cara a cara com suspeito e perdoá-lo pelo assassinato do filho

Publicado em quarta-feira, novembro 27, 2013 ·

mãeO depoimento de uma mãe que ficou cara a cara com o suspeito de assassinar filho dela, preso pela Polícia Civil no final de semana passado, comoveu toda a sociedade paraibana.  A  dona de casa, Maria Nice, mãe de Daniel da Silva, morto em dezembro de 2012 no bairro Colinas do Sul, na região da Zona Sul de João Pessoa, chegou a segurar o queixo do suspeito, Alisson Lima dos Santos, para fitá-lo ao revelar que o perdoava pelo crime.Jornalistas acompanhavam a entrevista coletiva convocada pela Polícia Civil, na Central de Polícia de João Pessoa, no bairro do Varadouro, para apresentação de quatro jovens suspeitos de assassinatos e outros crimes. A dona de casa chegou ao local acompanhada de uma advogada e, com a permissão dos policiais, se dirigiu a Alisson Lima dos Santos, que estava algemado.

Em um gesto ousado, Maria Nice perdoou Alisson e revelou não nutrir raiva do assassino do filho dela. “Você está perdoado, mas eu nunca vou lhe visitar onde você estiver porque eu não tenho coragem. Eu não tenho um pingo de ódio de você, Alisson, eu só oro todos os dias. Você não me deixou olhar nos olhos do meu filho antes dele morrer”, completou.

O vídeo foi veiculado nesta terça-feira (26), na TV Correio HD. Além de homicídios, Alisson é acusado de roubos e tráfego de drogas na capital paraibana.

O jovem Daniel da Silva foi morto à queima-roupa no dia 12 de dezembro de 2012, no bairro Colinas do Sul, na Zona Sul de João Pessoa.

Os quatro suspeitos de homicídios foram presos pela Delegacia de Crimes contra a Pessoa no último fim de semana. As prisões aconteceram durante a operação ‘Malhas da Lei’, executada na região metropolitana de João Pessoa.

Foram presos Maciel José de Sousa, Paulo Renan Ferreira dos Santos, Joseilton dos Santos e Alisson Lima dos Santos. A operação ‘Malhas da Lei’, de acordo com a Polícia Civil, faz parte do plano operacional desenvolvido pela Secretaria de Segurança e Defesa Social e que tem como objetivo cumprir mandados de prisão em aberto.

Dois dos presos, Maciel José de Sousa e Paulo Renan Ferreira dos Santos, são acusados de participação em um tiroteio que feriu gravemente três crianças no Bairro do Renascer, em Cabedelo, região metropolitana da Capital, no mês de setembro de 2013, em João Pessoa.

Segundo o delegado Bruno Victor, a dupla foi responsável pelos disparos. “Os dois estavam dentro do carro de onde saíram os tiros que atingiram as crianças, uma delas na cabeça”, disse a autoridade policial.

O terceiro homem preso é Joseilton dos Santos. Ele é acusado de cometer um homicídio em 2010 no bairro de Mandacaru, Zona Norte de João Pessoa, e foi encontrado por policiais, na tarde dessa segunda-feira (25), em Santa Rita, também na região metropolitana.

No bairro Colinas do Sul, foi preso Alisson Lima dos Santos, acusado de homicídios e de aterrorizar a comunidade com assaltos e tráfico de drogas, “Com a prisão de Alisson, começamos a desarticular um esquema de tráfico de drogas e outros crimes na região do Colinas do Sul’, afirmou a delegada Maria das Dores Coutinho.

Assista ao perdão da mãe, em vídeo exibido na TV Correio HD.


portalcorreio

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627