Mãe é suspeita de matar filho e enterrá-lo no quintal de casa

Publicado em quinta-feira, outubro 13, 2011 ·


casos-de-policiaNo dia que é comemorado o “Dia das Crianças”, um crime brutal chocou o Sertão do Estado. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar as circunstâncias da morte de um recém-nascido, encontrado enterrado em um terreno baldio no bairro Tancredo Neves, em Catolé do Rocha, na manhã da terça-feira, 12.

De acordo com o delegado Aneilton Castro, uma jovem de 19 anos é suspeita de ter provocado a morte do próprio filho. Ela sofreu fortes sangramentos e está internada no hospital local sob custódia da Polícia Militar para prestar depoimento assim que se recuperar. A irmã dela está detida na delegacia.

Segundo as primeiras informações, a jovem teve o bebê prematuro, com sete meses. Ela saiu da maternidade na terça-feira, 11, e supostamente teria rejeitado o filho por estar sofrendo de depressão pós-parto.

“Nós investigamos se ela sofreu um aborto, se a criança já nasceu morta ou viva e se a mãe provocou sua morte e o enterrou com a ajuda da irmã. Caso seja comprovada a segunda hipótese, as duas mulheres poderiam responder pelos crimes de infanticídio, que é o assassinato de um recém-nascido, e ocultação de cadáver”, explicou o delegado.

Em primeiro depoimento à Polícia Civil, a suspeita argumentou que a irmã teria sofrido um susto e, por isso, teria sofrido o aborto. O delegado solicitou a transferência do corpo para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Patos, onde será analisada a causa da morte do bebê e o estágio da gestação.






Diario do Sertão

Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627