Mãe de menina de 11 anos que engravidou do padrasto diz que não sabia dos abusos

Publicado em quarta-feira, setembro 13, 2017 · Comments 

A mãe da menina de 11 anos que deu à luz ao seu primeiro filho, nesse domingo (10), em uma maternidade da cidade de João Pessoa, disse, em entrevista a repórter Sandra Macedo, do Correio Debate da Correio SAT, que não sabia que o padrasto da garota abusava dela e pediu que a Justiça não tire a guarda da filha.

Durante a entrevista, a mulher, que além da menina que sofreu o abuso sexual tem outros cinco filhos, contou que nunca desconfiou do marido e que ele era o responsável por cuidar das crianças enquanto ela trabalhava catando latinhas.

“Não percebi nada. Nunca pensei que ele era desse jeito. Eu pensava que ele era como um pai dos meus filhos. Para mim ele era um homem de casa, tomava conta dos meus filhos, nunca judiou, não batia. Sempre confiei nele. Eu queria que o juiz acreditasse em mim, eu não sabia de nada desse crime. Ele ficava dentro de casa com meus filhos de dia, eu ia para o médico fazer uma consulta, tirar dinheiro, comprar a feira”, disse a mãe da menina.

A mulher também contou que ficou sabendo dos abusos e da gravidez pela própria filha e que, no mesmo dia, o suspeito saiu de casa e não dá notícias há quatro meses.

“Ela [a filha] me contou. Chegou da maternidade e me contou. Me sentei na cadeira da cozinha e ela começou a me contar: “Mamãe o pai é seu marido e meu padrasto. Ele é o pai dessa criança, que é sua neta”. Quando ela me contou ele ficou aqui e disse que ia sair para trabalhar, mas já faz quatro meses”, disse a mãe.

Ainda durante a entrevista, concedida na casa da família, a mulher contou que sustenta os filhos com a catação de latinhas e com o Bolsa Família com cerca de R$ 300.

A guarda

Sobre a guarda, o juiz responsável por analisar o pedido do Ministério Público da Paraíba (MPPB), que quer que a menina de 11 anos não viva mais com a mãe, disse ao Portal Correio que não pode revelar o resultado da decisão. Segundo Adhailton Lacet, coordenador da 1ª Vara da Infância de João Pessoa, o caso está sob segredo de Justiça.

Identificação do suspeito

A delegada Joana D’Arc, responsável, pelo caso, foi à imprensa nessa terça-feira (13) para divulgar a identificação do suspeito de abusar da menina de 11 anos. Segundo ela, o nome dele é Edmilson Barbosa da Silva, de 50 anos, e a imagem dele (foto principal desta matéria) foi divulgada para ajudar a polícia nas investigações.

Segundo a mãe da criança, ele sumiu há quatro meses, e quem tiver informações, pode ligar ara o 190 ou 197, que o sigilo é garantido pela Segurança do Estado.

Portal Correio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Tags :




outras notícias