Líder de grupo de extermínio planejava “guerra” em Cabedelo

Publicado em quarta-feira, dezembro 12, 2012 ·

O grupo de extermínio preso durante a operação Abadir, deflagrada nesta quarta-feira pelo Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil, o Goe, resultou na prisão de 10 pessoas, entre eles os líderes da quadrilha envolvida com o tráfico de droga e execuções ocorridas no município de Cabedelo.

O delegado Cristiano Jacques informou que as ordens partiam de dois detentos que cumprem pena no presídio do Róger e Silvio Porto. A polícia investigou a participação do grupo e identificou, através de escutas telefônicas, que as execuções eram transmitidas em tempo real para os mentores do grupo, dentro dos presídios.

O matador do bando, identificado como “Novato”, cumpria as ordens de Elvis de Cabedelo, e costumava ligava para o líder no momento em que cometia o assassinato. O caso registrado no dia 30 de novembro, onde um adolescente de 17 anos foi morto a facadas e tiros na comunidade Salinas Ribamar, em Cabedelo, foi narrado em detalhes pelo comparsa.

Novato ligou para Elvis e descreveu toda a cena, afirmando que estava em frente da vítima. Na escuta é possível escutar o barulho dos disparos emitidos a queima-roupa e até mesmo o momento em que o agressor crava a faca no pescoço do adolescente. “Tô dando uma facada agora”, descreve Novato ao telefone.

Entre os presos, a polícia deteve uma mulher que foi flagrada comercializando drogas. Ela também portava uma arma. À polícia, o líder criminoso relatou que planejava tornar Cabedelo a primeira no ranking de criminalidade no estado. Ele anunciou durante depoimento que “a guerra estava para começar”.

clickpb

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627