Segurança Pública

Lesão corporal dolosa contra mulheres aumenta 20% na Paraíba, diz anuário

Publicado em segunda-feira, outubro 19, 2020 ·

O número de casos de violência doméstica com lesão corporal dolosa aumentaram 20% em 2019, na Paraíba, de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública. De acordo com o anuário, em 2018 foram registrados 2.687 casos de lesão corporal enquanto em 2019 foram 3.245, uma variação de 20%. Entre os estados do nordeste, a Paraíba teve o 6° maior aumento neste tipo de crime.

Número de feminicídios, assédio sexual e ligações ao 190 denunciando violência doméstica também aumentaram.

O estado de Alagoas não informou o dados ao Anuário. Ceará, Maranhão e a Paraíba forneceram apenas o número total de vítimas mulheres.

  • Foram registrados na Paraíba 20 casos de assédio sexual em 2018, enquanto em 2019 foram 22. O número de medidas protetivas de urgência solicitadas pela Polícia Civil caiu de 5.118 para 4.941 no estado em 2019.
  • Em comparação com 2018, o número de feminicídios registrados aumentou de 34 para 38 em 2019. No primeiro semestre de 2019 foram 17 feminicídios, enquanto em 2020 foram 15.
  • Os homicídios dolosos com vítimas do sexo feminino aumentou no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período em 2019, indo de 34 para 46, um aumento de 35,3%.

O Anuário também levantou os números de violência doméstica e sexual durante a pandemia, comparando a mesma parte do ano em 2020 com 2019.

Na Paraíba, o número de ameaças contra mulheres diminuiu de 478 (2019) para (403). Já o número de ligações ao 190 registradas sob a natureza de violência doméstica foi de 1.853 para 1.944, uma variação de 4,9%, maior que a média nacional de 3,8%.

G1

 

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627