Larissa Riquelme não dá sorte, e Paraguai empata com o Equador

Publicado em segunda-feira, julho 4, 2011 ·

larissariquelme_reuApesar do apoio da musa Larissa Riquelme nas arquibancadas e credenciado por uma boa campanha no Mundial da África do Sul, o Paraguai não passou de um magro 0 a 0 com o Equador, neste domingo, na estreia de ambas seleções na Copa América (assista aos melhores momentos no vídeo mais abaixo). Melhor para o Brasil que, horas antes, fez o mesmo placar diante da Venezuela e não viu nenhum dos dois adversários se desgarrarem na ponta do Grupo A.

Na segunda rodada, sábado, em Córdoba, os paraguaios enfrentam a seleção de Mano Menezes, às 16h (de Brasília). No mesmo dia, o Equador pega a Venezuela, em Salta, às 18h30 (de Brasília). Ambos confrontos serão transmitidos ao vivo pelo GLOBOESPORTE.COM.

Paraguai começa melhor

Considerado favorito por conta da campanha na última Copa do Mundo quando foi eliminado pela campeã Espanha nas quartas de final, o Paraguai começou o duelo no estádio Estanislao Lopez, em Santa Fé, fazendo jus ao rótulo. Com uma forte marcação no meio de campo e velocidade no ataque, a equipe do técnico argentino Gerardo Martino encurralava os equatorianos.

Aos 12, após jogada individual de Estigarribia pela ponta esquerda, o meia Edgar Barreto recebeu sozinho na área, mas chutou por cima do gol.

Confira a tabela de classificação e os próximos jogos da Copa América

Três minutos depois, o argentino naturalizado paraguaio Lucas Barrios teve nova chance, mas chutou sem muita força pra defesa tranquila de Elizaga que, aos 18, voltou a trabalhar. Após bola cruzada na área, Ortigoza tocou no canto, mas o veterano arqueiro de 39 anos, que assim como Barrios nasceu na Argentina, se esticou todo e fez a defesa.

lucas barrios paraguai equador (Foto: agência AP)Noboa e Lucas Barrios disputam jogada (Foto: agência AP)

Equador equilibra após chute horroroso

Somente aos 21, Equador deu o primeiro chute com Noboa, que arrematou para muito longe, na arquibancada. O lance horroroso, entretanto, despertou o Equador, que equilibrou a partida. Aos 35, o meia Castillo, surpresa de última hora do técnico Reinaldo Rueda – Arroyo é quem estava cotado para começar o duelo, criou a melhor oportunidade equatoriana, mas bateu sobre a meta de Justo Villar.

Nome de peso do Equador, mas figura apagada no primeiro tempo, o meia Antonio Valencia, que defende o Manchester United, sentiu uma lesão e não voltou após o intervalo. Arroyo entrou em seu lugar.

nestor ortigoza paraguai emendez quador (Foto: Agência EFE)Ortigoza e Mendez em ação (Foto: Agência EFE)

A saída da estrela não abalou os equatorianos que, ao contrário da etapa inicial, começaram o segundo tempo jogando de igual para igual, criando duas boas chances com Caicedo aos três e sete minutos.

Larissa lamenta chance perdida

Estigarribia, aos nove, após passe de Santa Cruz, chutou cruzado e tirou tinta da trave de Elizaga. Nas arquibancadas, a modelo paraguaia Larissa Riquelme, musa do Mundial da África do Sul e que prometeu posar nua caso seu país conquiste da Copa América, lamentou a oportunidade perdida.

Aos 17, a beldade voltou a ficar com o grito de gol entalado na garganta. Santa Cruz subiu no terceiro andar e cabeceou no canto. Elizaga, atento, espalmou para escanteio.

No decorrer do duelo, o Paraguai voltou a ter o controle do jogo e quase abriu o placar no estádio do Colón aos 30, com Valdez, que deixou o banco de reservas minutos antes entrando no lugar de Barrios. No entanto, o Equador, bem fechado, segurou o empate. Melhor para o Brasil. Ruim para Larissa que, pelo Twitter, avisou que vai apoiar a seleção guarani contra a canarinho, em Córdoba, no próximo sábado.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627