Juventude se reúne com Dilma para cobrar investimentos na educação

Publicado em sexta-feira, setembro 2, 2011 ·



dilma_estudantes19369Na quarta-feira (31), reunidos no Palácio do Planalto, lideranças da  União Nacional dos Estudantes (UNE), Daniel Iliescu, e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Yann Evanovick, além de representantes da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), passaram às mãos da  presidente Dilma uma pauta de reivindicações com 43 itens, como a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação e de 50% do Fundo Social do pré-sal para a educação.

Outros pontos na pauta são o fim do superávit primário, a erradicação do analfabetismo até 2016, a criação da Comissão da Verdade, a garantia de um computador por aluno no ensino médio e de meia-entrada para os estudantes nos jogos da Copa do Mundo de 2014 e nas Olimpíadas de 2016.

Após o encontro, Iliescu e Evanovick contaram que os estudantes brasileiros tiveram uma programação intensa em Brasília, iniciada com uma manifestação na Esplanada dos Ministérios e concluída com o encontro no Palácio do Planalto. De acordo com as lideranças estudantis, os ministros Fernando Haddad (Educação) e Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), além da secretária nacional da Juventude, Severine Macedo, vão analisar as solicitações feitas no documento.

“Hoje, foi o dia em que apresentamos a pauta ao governo federal e a presidente não se posicionou com firmeza na defesa ou negação de nenhum dos itens, mas temos a expectativa de que essa pauta seja bem recebida pelo governo”, disse o presidente da UNE.

Sobre a aplicação de 50% do fundo do pré-sal em educação, o presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Yann Evanovick, mencionou ter ouvido da presidente Dilma que ela está aberta ao diálogo sobre a proposta.

Os estudantes foram recebidos por Dilma após a marcha que fizeram hoje, em Brasília,  encerrando a mobilização nacional chamada Agosto Verde e Amarelo. Também participaram do encontro com a presidente o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho.










Com informações das agências

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627