Justiça prorroga prisão de suspeito de assassinar a estudante Rebeca

Publicado em sexta-feira, agosto 19, 2016 ·

rebecaA Justiça prorrogou por mais 30 dias, nesta sexta-feira (19), a prisão temporária do cabo da Polícia Militar, Edvaldo Soares, padrasto da estudante Rebeca Cristina Alves Simões, e apontado pela Polícia como suspeito do homicídio que vitimou a jovem, em 2011, em João Pessoa. A prorrogação foi solicitada pela Polícia Civil.

Tanto o Ministério Público como o 1º Tribunal do Júri tiveram entendimento favorável à prorrogação. “A representação foi feita para que pudéssemos dar continuidade às investigações e diligências, que certamente vão ajudar no esclarecimento do caso e dar robustez ao inquérito policial”, disse o delegado Glauber Fontes, que coordena o inquérito que apura o homicídio da estudante Rebeca.

Rebeca Cristina, de 15 anos, foi abusada sexualmente e assassinada em 11 de julho de 2011, quando fazia o trajeto entre a casa da família e o Colégio da Polícia Militar, em Mangabeira VIII, Zona Sul de João Pessoa. O corpo da estudante foi encontrado com várias marcas de disparos de arma de fogo, em um matagal na Praia de Jacarapé, no Litoral Sul da Paraíba.

O padrasto foi preso no dia 22 de julho. O promotor Marcus Leite, que assumiu o caso desde o dia 1º de março deste ano disse que o padastro vinha obscurecendo as investigações. A polícia acredita que ele não tenha cometido os crimes sozinho, no entanto tem envolvimento direto no crime. As investigações apontaram várias contradições, como álibis do padrasto que não se confirmaram, e seu perfil voltado para crimes de natureza sexual.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Comentários

Tags : , , , , , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627