Justiça concede abrigo a menina que diz ter sido abusada por 45 homens

Publicado em terça-feira, Fevereiro 28, 2012 ·

80875_W220Q60I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCBA Justiça concedeu abrigo à menina de 12 anos que disse à Polícia Militar ter sido abusada por 45 homens em um mesmo dia em Poços de Caldas, no Sul de Minas. Uma assistente social da Vara da Infância e Juventude entrou em contato com o Conselho Tutelar na manhã da sexta-feira (24) para juntos levarem a menor até uma instituição adequada.

A reportagem do G1 tentou entrar em contato com o delegado responsável pelo caso para saber o encaminhamento das investigações, mas ele não foi encontrado.

O caso
O caso veio à tona depois que a Polícia Militar de Poços de Caldas foi chamada na Santa Casa da cidade nesta terça-feira (21) por uma médica de plantão. A adolescente havia dado entrada no hospital com lesões na vagina, decorrentes de uma doença sexualmente transmissível. A menina disse aos policiais que foi abusada por cerca de 45 homens em um único dia, próximo a um campo de futebol, na zona rural do município. A declaração foi registrada em um boletim de ocorrência da PM.

A menor também disse à polícia que desde os 9 anos mantém relações sexuais com pelo menos dois homens, um de 31 anos e outro de 19, e que eles dão roupas a ela em troca de sexo.
Segundo o conselheiro tutelar João Alves da Silva, o caso da menina já é conhecido pelos órgãos de proteção à criança e adolescente do município. Ainda conforme ele, em dezembro do ano passado o Conselho Tutelar fez um pedido para abrigar a menina em uma instituição, mas ele foi negado pela Justiça. A alegação seria de que ela tinha pais e casa onde ficar, o que não justificaria a transferência para um abrigo.

“Ela tem pais, mas eles não têm condição nenhuma de cuidar dela. São trabalhadores rurais, a mãe tem problemas com álcool, ela é uma menina bonita e está vulnerável”, diz Silva.

Segundo a Polícia Militar, apesar da menina ter confirmado o que disse no boletim de ocorrência, moradores próximos ao local onde teria ocorrido o suposto abuso e familiares da menina desmentiram a versão dela.

O Conselho Tutelar informou que sempre houve negligência dos pais em relação à educação dos filhos. No final do ano passado, o órgão recebeu a denúncia de que a menina teria sido violentada por um homem de 36 anos no dia do aniversário dela e que a mãe foi informada disso, mas não tomou nenhuma providência.

Procurado, o pai da menina admitiu que ela sempre teve problemas com a mãe.

Fonte: G1
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627