Justiça adia decisão sobre ilegalidade da greve do Fisco; juiz quer ouvir movimento

Publicado em terça-feira, outubro 11, 2011 ·

tj1O Tribunal de Justiça da Paraíba adiou a decisão sobre o pedido de ilegalidade da greve do Fisco solicitada pelo Governo do Estado. Antes de decidir o juiz quer ouvir o movimento.

Agora, em no máximo cinco dias o Fisco será notificado para que se pronuncie sobre o pedido de ilegalidade pedido pelo governo do estado. A informação foi repassada ao portal Paraíba.com.br pelo próprio movimento grevista.

Os grevistas comemoraram a decisão do TJ. O juiz teria considerado que a matéria tem uma relativa complexidade e que não poderia tomar a decisão antes de ouvir o Fisco.

Segundo uma das grevistas, em contato com o portal, o entendimento do Tribunal é que o movimento não seria por aumento salarial, mas para que vigore uma lei aprovada em 2007.

“Essa lei passou a ser descumprida em janeiro. É uma questão atípica. Por isso o TJ deu cinco dias para ouvir o Fisco. Enquanto isso, a proposta do governo é pagar em janeiro o que ele quer pagar e acabar com a lei”, desabafa a grevista que não quis se identificar.

Paraíba.com.br

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627