Juiz confirma: João Paulo Guedes se entrega e está detido em Guarabira

Publicado em quinta-feira, dezembro 15, 2011 ·

joão pauloO foragido da justiça João Paulo Guedes Meira, estudante que provocou acidente que matou três pessoas da família do cantor Zé Ramalho em maio de 2007, se apresentou nesta quarta-feira, 15, no Fórum de Guarabira, ao juiz Bruno Cesar Azevedo Isidro. Em contato com a reportagem, o juiz confirmou que o foragido se apresentou por volta das 13h na presença de advogado.

De acordo com doutor Bruno, após constatar que realmente se tratava de um foragido, ele o encaminhou para o Presídio João Bosco Carneiro. Ele também comunicou o fato ao juiz do Primeiro Tribunal do Juri em João Pessoa, onde o caso tramita.

Bruno informou ainda que não necessariamente João Paulo deve ser transferido para um presídio em João Pessoa, só de o juiz do caso julgar necessário e requerer.

Entenda o caso:

João Paulo Guedes Meira responde pelo crime de triplo homicídio doloso e estava com a prisão decretada

O crime ocorreu no dia 6 de maio de 2007, quando, de acordo com a denúncia do Ministério Público, João Paulo Guedes ultrapassou um sinal vermelho na Avenida Epitácio Pessoa e colidiu o seu veículo Golf com um Palio, no qual estavam o comerciante Francisco Ramalho, de 46 anos, Mateus Ramalho, de 16, e Antônio Ramalho, de 56, vítimas fatais do acidente.

De acordo com informações da investigação, João Paulo Guedes estava embriagado no momento do acidente e sofreu apenas ferimentos leves.

Marcos Wéric
WSCOM Online

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627