homicídio

Jovem confessa ter matado fisioterapeuta durante relação sexual em CG

Publicado em quarta-feira, outubro 21, 2020 ·

A polícia prendeu nesta terça-feira (20), um jovem de 18 anos suspeito de matar o fisioterapeuta Luiz Eduardo Leite Brasileiro, de 44 anos, que foi achado morto dentro do apartamento onde morava em Campina Grande.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima mantinha um relacionamento com o jovem, que confessou ter asfixiado o fisioterapeuta durante uma relação sexual.

O crime aconteceu na madrugada do dia 21 de agosto, no apartamento da vítima, bairro de Bodocongó. O fisioterapeuta foi encontrado com marcas na região do pescoço e inicialmente a polícia suspeitou de homicídio, já que não havia no local sinais de arrombamento. Após a perícia, foi descartada a hipótese de infarto ou problema de saúde.

Análises das imagens das câmeras do circuito interno de segurança do condomínio levaram à identificação do suspeito que é morador de rua e foi preso enquanto estava em uma esquina próximo à entrada do bairro José Pinheiro.

De acordo com a delegada Nercília Dantas, o jovem confessou que teria asfixiado a vítima durante a relação sexual, mas apesar disso, não explicou se teve a intenção de matar. O jovem foi autuado e vai responder por homicídio doloso (com intenção de matar).

 

paraiba.com.br

 

 

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627