Jonas mantém cautela: “chance ele está dando, cabe aproveitar”

Publicado em terça-feira, novembro 15, 2011 ·

jonasAutor dos dois gols da vitória sobre o Egito, nesta segunda-feira, o atacante Jonas mostra humildade na hora de analisar o seu momento na Seleção Brasileira. Questionado se a partida que fez diante dos africanos carimbou sua permanência no grupo de Mano Menezes para 2012, o jogador preferiu mantes os pés no chão.

“Nada disso, aqui a gente tem que se esforçar a cada treinamento e a cada jogo. Continuar jogando bem no Valencia para poder estar aqui no ano que vem de novo…Saio feliz pelos gols, mais ainda pela vitória. A oportunidade ele (Mano Menezes) está dando para todo mundo, cabe ao jogador aproveitar. Eu estou procurando me esforçar ao máximo a cada partida para sempre estar lembrado nas listas dele”.

Indagado se a indefinição sobre o companheiro de Neymar no ataque da Seleção pode ser um bom artifício para ele cavar seu espaço, Jonas afirmou que vê grandes concorrentes na posição. “É muito difícil essa convocação, porque o Brasil no ataque tem grandes jogadores. Espero estar sempre bem. Meu objetivo é estar dentro da Seleção e foquei isso na minha carreira e espero estar sempre ajudando. Independente de fazer dupla com um ou com outro. É continuar focado que as coisas tendem a dar certo”.

O ex-atacante do Grêmio afirma que sai da partida diante dos egípcios com o sentimento de dever cumprido. “Não só eu, todo mundo. Independente dos dois gols, o mais importante foram as vitórias nos dois jogos. Isso é bom para todo mundo. Ganha confiança a Seleção, todos os jogadores. Então sinto o dever cumprido pelas duas vitórias que finalizam o ano”.

Jonas crê que o adversário desta segunda foi mais duro que o Gabão, rival que a Seleção derrotou na última quinta-feira. Apesar disso, o atacante disse que a vida da equipe verde e amarela ficou bem mais fácil pelo fato do gramado em Doha estar muito melhor do que o encontrado no país africano.

“O Egito foi um adversário mais difícil, mas o gramado ajudou bastante, porque o time do Brasil é muito técnico, gosta de tocar a bola e isso facilitou a gente. Mas é um time também que toca a bola, que às vezes criou dificuldades para gente, mas o time entrou focado. Por isso acabou vencendo por 2 a 0”, disse.

Após marcar o primeiro gol, Jonas correu para a câmera da TV para comemorar. O atacante disse que o recado tinha endereço. “O primeiro gol foi para o meu priminho de cinco anos, filho da minha tia. Chama João André. Engraçado que antes do jogo eu liguei para casa dele e ele atendeu, ele tem cinco anos. Eu falei, fala para sua mãe e para o seu pai que eu vou jogar hoje às 15h, o pai e a mãe dele sabiam, mas queria que ele passasse isso para os pais. Eu que batizei ele. Então disse que se fizesse um gol, iria homenagear ele. Foi para ele”.

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627