Horário de verão começa neste domingo

Publicado em sábado, outubro 15, 2011 ·

RelogioA partir de 0h de domingo (16), entra em vigor o horário de verão 2011-2012. Os estados de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia e o Distrito Federal terão seu horário oficial adiantado em uma hora até o dia 26 de fevereiro de 2012.

A novidade deste ano é a adesão da Bahia ao horário de verão. Assim, a ANAC orienta aos passageiros, em especial aqueles com voos programados com origem ou destino ao estado da Bahia, a entrar em contato com a empresa aérea antes de se dirigir ao aeroporto, para confirmar os horários de decolagem e evitar maiores transtornos.

As empresas aéreas também foram orientadas a entrar em contato com os passageiros e mantê-los informados sobre quaisquer alterações nos horários programados.

Para quem vai viajar, os horários de embarque dos voos e ônibus interestaduais no Ceará seguem o horário local. A diferença será apenas no horário de chegada, com uma hora a mais, caso a viagem termine em um dos estados com horário de verão.

O bancos tem o horário de funcionamento alterado e passam a atender das 9h às 15 horas. As agências dos Correios continuam no mesmo horário de atendimento, das 8h às 17h. Algumas emissoras de rádio e televisão também sofrem alterações na grade de programação.

O horário de verão vai vigorar até o dia 26 de fevereiro de 2012. Desde 2008, um decreto presidencial estabelece datas fixas para o início e término do horário de verão. Ele deve iniciar, todos os anos, no terceiro domingo de outubro e terminar no terceiro domingo de fevereiro. Se a data coincidir com o domingo de Carnaval – como ocorrerá em 2012 -, o final do horário de verão é transferido para o domingo seguinte.

Segundo o ex-deputado federal Sérgio Novais (PSB), desde 2000 o Ceará não participa do horário de verão. Ele participou das discussões contra a implantação do horário no Estado e lembra que foi necessário entrar com uma ação judicial no Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª região – em Recife – para suspender a mudança de fuso horário.

Para ele, o ganho econômico era insignificante frente aos impactos na saúde da população e do aumento da insegurança, pois muitas pessoas precisavam sair de casa antes do sol raiar.

No País, a estimativa é de que o horário traga economia que pode variar entre R$ 75 milhões e R$ 100 milhões.

Priscila Andrade com o Turismo em Foco

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627