no Conde

Homem morre atingido por raio durante pescaria com amigos

Publicado em sexta-feira, Abril 17, 2020 ·

Um homem de 28 anos morreu após ser atingindo por um raio enquanto pescava com os amigos, na Zona Rural da cidade de Conde, na Grande João Pessoa, nessa quinta-feira (16). Um amigo da vítima também chegou a sofrer uma descarga elétrica, mas não teve ferimentos.

Em entrevista à TV Correio, familiares da vítima disseram que ele saiu de casa às 10h e foi pescar em um açude acompanhado de sete amigos. Um dos amigos afirmou que enquanto pescava, conversava com a vítima sobre fortes ventos na região, mas não pararam a pescaria.

Segundo o depoimento, pela tarde eles ouviram um trovão e, em seguida, um raio caiu em cima do homem, que não resistiu e morreu na hora. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar ao local apenas confirmou o óbito.

Como se proteger de raios

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) orienta que, se possível, não saia para a rua ou não permaneça na rua durante tempestades, a não ser que seja absolutamente necessário.

Nestes casos, procure abrigo nos seguintes lugares: carros não conversíveis, ônibus ou outros veículos metálicos não conversíveis; em moradias ou prédios, de preferência que possuam proteção contra raios; em abrigos subterrâneos, tais como metrôs ou túneis; em grandes construções com estruturas metálicas; em barcos ou navios metálicos fechados; e finalmente em desfiladeiros ou vales. Se estiver dentro de casa, evite: usar telefone, a não ser que seja sem fio; ficar próximo de tomadas e canos, janelas e portas metálicas; tocar em qualquer equipamento elétrico ligado à rede elétrica. Se estiver na rua, evite: segurar objetos metálicos longos, tais como varas de pesca, tripés e tacos de golfe; empinar pipas e aeromodelos com fio; andar a cavalo; nadar; e ficar em grupos.

Conforme o Inpe, deve-se evitar os seguintes lugares que possam oferecer pouca ou nenhuma proteção contra raios: pequenas construções não protegidas, tais como celeiros, tendas ou barracos; veículos sem capota, tais como tratores, motocicletas ou bicicletas; estacionar próximo à árvores ou linhas de energia elétrica.

O Inpe recomenda ainda que se evite certos locais que são extremamente perigosos durante uma tempestade, tais como: topos de morros ou cordilheiras; topos de prédios; áreas abertas, campos de futebol ou golfe; estacionamentos abertos e quadras de tênis; proximidade de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas, trilhos e árvores isoladas; estruturas altas, tais como torres, linhas telefônicas e linhas de energia elétrica.

“Se você estiver em um local sem um abrigo próximo e sentir seus pelos arrepiados ou sua pele coçar, indicando que um raio esta prestes a cair, ajoelhe-se e curve-se para frente, colocando suas mãos nos joelhos e sua cabeça entre eles. Não deite-se no chão. Maiores detalhes podem ser encontrados no site do Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) no endereço www.cea.inpe.br/elat“, orienta o Instituto.

 

portalcorreio

 

 

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br