Homem morre ao tentar bater recorde de ficar enterrado vivo

Publicado em quarta-feira, Março 7, 2012 ·

Foto: Reprodução Basnayake foi enterrado numa cova de 3m de profundidade, dentro de um caixão trancado, com a colaboração de amigos e parentes desde 9h30 da manhã até 16h

O cingalês Janaka Basnayake, de 24 anos, não conseguiu entrar para o Livro dos Recordes. Uma tentativa frustrada lhe custou a vida: o homem, nascido no Sri Lanka, queria quebrar a marca mundial de ficar enterrado vivo por mais tempo e acabou morto.

Ele foi fechado numa cova de 3 m de profundidade, dentro de um caixão trancado, com a colaboração de amigos e parentes, na cidade de Kantale, no norte do país – a 220 km da capital Colombo. Ficou ali desde as 9h30 da manhã do último sábado (3).

Basnayake foi retirado às 16 h. Estava inconsciente, sem ar, sufocado. Não resistiu ao esforço e morreu antes de chegar ao hospital.

Não se sabe ao certo se existe a marca macabra de passar mais tempo dentro de uma cova. Mas Basnayake queria a qualquer custo tentar.

O médico D.G Costa, do hospital Kantale, disse que não pôde determinar exatamente a causa da morte do homem que ficou mais de quatro horas enterrado.

A mãe dele, L.D. Leelawathi, disse que o filho costumava participar de performances inusitadas desde a infância. Ela não deu informações sobre o que ele gostava de fazer – só disse a jornais locais que ele era um grande fã de cinema e filmes de ação.

Leelawathi contou que o filho já tinha tentado ficar enterrado em duas ocasiões – em uma oportunidade, ele ficou duas horas debaixo da terra; na outra, passou quatro horas.

A polícia informou que Basnayake era membro da Defesa Civil do país.

r7

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627