‘Hoje quem toma decisões no PMDB é Maranhão, queremos que maioria vença’, diz Gervásio Filho

Publicado em quinta-feira, novembro 15, 2012 ·

Em entrevista ao programa Rede Verdade desta quinta-feira (15), o deputado estadual Gervásio Filho, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, falou um pouco sobre a disputa histórica pelo diretório estadual do PMDB na Paraíba e de como Zé Maranhão pode estar prejudicando o processo natural de revezamento das lideranças.

“A atual polêmica relacionada a próxima eleição do diretório começou pelo fato de Zé Maranhão ter publicado o edital antecipadamente ao período esperado, sem qualquer entendimento com os colegas de partido e dando apenas o prazo de 24 horas para inscrição de outra chapa”, lamentou o deputado. Gervásio explicou que ele, junto a mais alguns colegas de partido tentaram falar com Maranhão durante o dia seguinte a publicação, mas, não conseguindo, viram a necessidade de apresentar uma chapa.

Com o senador Wilson Santiago como presidente e com Manuel Júnior como vice, junto a mais 100 assinaturas de peemedebistas favoráveis, a chapa foi montada e protocolada, o que gerou um mal estar no grupo que havia se inscrito primeiro. “Eles começaram muito mal, com essa antecipação de uma publicação tão importante, sem acordo prévio, sem combinar com ninguém. Em defesa de decisões colegiadas, vimos que tínhamos que montar essa chapa”, justificou Gervásio.

Outra coisa que teria pegado mal para a turma de Maranhão, de acordo com o entrevistado, seria o fato do ex-senador ter colocado os nomes do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego, do senador Vitalzinho e de Nilda Gondim, na chapa inscrita, sem ter consultado os mesmos, o que poderia prejudicar o primeiro, que é o nome mais cotado para disputar o governo do estado em 2014. “Veneziano tem que estar administrando, se preservando no processo, para não gerar mal estar em nenhum dos dois lados”, destacou Gervásio Filho.

Por fim, o deputado garantiu que às críticas a Maranhão e à sua chapa não são decorrentes da perda na disputa pela prefeitura de João Pessoa. “Se fosse esta a questão, Maranhão já perdeu três vezes seguidas. Não é este o ponto. Queremos alternância na governança no partido e em João Pessoa, inclusive. Queremos estimular a participação dos novos prefeitos dentro do partido e, acima de tudo, tomar decisões colegiadas. Hoje quem toma decisões no partido é Zé Maranhão. Queremos que a maioria vença. Colegiado é isso”, finalizou Gervázio.

Mayra Medeiros

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627