“água é vida”

H2o, entenda a importância para a sua saúde

Publicado em quinta-feira, Janeiro 21, 2021 ·

A expressão “água é vida” é muito conhecida e falada, fazendo parte dos “ditados populares” brasileiro. E, de fato, isso é uma verdade. Afinal, é por meio da água que surgiram as primeiras formas de vida, possibilitando sua manutenção.

Além disso, os seres desse ambiente originaram as formas terrestres, que conseguiram desenvolver dentro do próprio corpo processos de retenção da água consumida do ambiente externo. Ou seja, o desenvolvimento dos seres vivos só foi possível devido à água.

No caso dos humanos, em torno de 60% a 70% dos corpos são feitos de água. Por conta disso, ela tem o importante papel de regular a temperatura do corpo e para a realização de todas as funções orgânicas.

De modo a manter essa regulação e manutenção correta, uma pessoa precisa – em média – de dois a quatro litros de água para ter um bom desenvolvimento das funções orgânicas internas.

A água contribui para o funcionamento do corpo em todos os sentidos, desde a beleza da pele até a circulação sanguínea, veja suas funções:

Além disso, um detalhe sobre a contribuição para a aceleração do metabolismo do corpo, é que com isso a água se torna uma grande aliada para quem deseja emagrecer.

Isso ocorre porque, além de a água não ter calorias, ela auxilia na queima de gordura, contribuindo para a aceleração do metabolismo e eliminação desses materiais. Mais ainda, ela mantém o estômago cheio, passando a sensação de saciedade.

Hidratar-se também é um bom método para a manutenção do funcionamento do intestino, digestão e até hidratação dos músculos.

Água no funcionamento do corpo

Como foi dito anteriormente, o corpo humano é capaz de armazenar água, então, depois do consumo, ela é distribuída pelo organismo.

Para se ter ideia da proporção, um copo de água leva em torno de 30 minutos até uma hora para percorrer todo o seu caminho e deixar pequenas porções de sua fórmula no sangue, que irá proporcionar diversos benefícios para os órgãos e músculos.

Por esse motivo, é de suma importância que a água seja ingerida frequentemente, preservando desde o ambiente e a qualidade da lente de contato dente, além de melhorar a circulação sanguínea e o bem-estar físico e mental.

Inclusive, cabe dizer nesse momento que existem algumas técnicas que podem contribuir com o hábito de hidratação, ajudando a não esquecer de tomar água mesmo na correria do cotidiano.

Uma dessas técnicas é o uso de uma garrafa próxima ao local em que está, para sempre se lembrar de consumir água e saber a quantidade que está ingerindo.

Outra dica é beber água a cada vez que vai ao banheiro, criando um fluxo de hidratação interessante para o corpo, mantendo a regulação do corpo e contribuindo com o bom funcionamento dos rins.

Beber água é ainda mais importante para os que mantêm o corpo ativo, com atividades esportivas ou mesmo os que trabalham com esforço físico.

Isso porque essas pessoas tendem a liberar a água do corpo mais rápido e, caso não não a reponha, pode ocorrer a desidratação. Inclusive, cabe ressaltar que a própria sede já pode ser entendida como um alerta do corpo sobre a desidratação.

Já em relação às consequências de não consumir água na quantidade adequada, pode-se destacar as seguintes complicações para a saúde:

Água e saúde bucal

Além de todos os benefícios abordados, manter a hidratação faz com que haja uma limpeza constante de bactérias na boca.

Isso acontece tanto no ato de beber água quanto durante a contribuição da regulação do fluxo salivar, material responsável pela higienização natural e pelo equilíbrio da acidez na cavidade oral, preservando a estrutura natural e até os materiais usados em implantes dentarios.

A saliva é composta por 95% de água, sendo esse um dos principais motivos para manter a hidratação constante.

Inclusive, quando a boca fica ressecada, o risco de proliferação de bactérias é muito maior, podendo gerar doenças bucais como sapinho, candidíase e cárie.

Já com relação aos procedimentos ortodônticos existentes, como os implantes dentarios já mencionados, cabe dizer que a água é necessária para realizar a higienização e manutenção, tornando o procedimento mais duradouro.

Por serem estruturas metálicas posicionadas no osso maxilar, abaixo da gengiva por meio de cirurgia, é preciso ter cuidado, pois ainda que seja um material de titânio, envolve a implementação de uma peça no organismo humano.

Assim, seja a prótese sobre implante dentario, responsável pela reposição do dente, ou mesmo a estrutura de apoio, é preciso garantir que o ambiente esteja higienizado para que bactérias não comprometam o resultado do tratamento e a estética do material.

Procedimentos estéticos também precisam de um cuidado especial para a limpeza e hidratação.

Até porque, para manter os dentes branquinhos, além de poder recorrer a um procedimento ortodôntico, também é necessário manter bons hábitos alimentares – o que inclui a hidratação – e uma rotina de limpeza.

Por exemplo, além de realizar um clareamento dental preco, o resultado precisa ser conservado, seja ele feito a laser (que dura em média 60 segundos) ou o caseiro (aplicando gel clareador por quatro horas diariamente até obter o resultado desejado).

Isso porque além das bactérias prejudicarem a imagem do sorriso, uma higienização inadequada e alimentos pigmentados, por exemplo, podem interferir no andamento do tratamento.

Deste modo, hidratar-se é crucial para manter a qualidade e a saúde da cavidade oral, proporcionando mais bem-estar e possibilitando tratamentos mais duradouros.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627