Guarabira poderá adotar experiência de Areia e criar ‘Conselho de Segurança’

Publicado em quinta-feira, Fevereiro 9, 2012 ·

_EventoiuiiIntegrantes da catequese; pastoral carcerária; imprensa; IFPB; Caps; Fórum da Juventude; além das representações do Ministério Público; mandato do deputado federal Luiz Couto (PT); das Companhias da PM de Solânea, Araruna, Belém e Guarabira; CPTRAN; Polícia Civil e Conselho Tutelar atenderam ao chamamento de dirigentes da Igreja Católica dos municípios paraibanos de Guarabira, Araçagi, Mari e Pilõezinhos, entre os quais os padres Adauto Tavares e Cícero Roberto, para discutir a problemática da violência.

Na reunião, que aconteceu no salão paroquial da Catedral de Nossa Senhora da Luz/Guarabira, na tarde da quarta-feira (8), foi mostrado um quadro geral dos índices de homicídios, roubos a estabelecimentos comerciais, às pessoas e veículos, bem como de apreensões de armas e drogas; suicídios e tentativas de homicídios nas quatro cidades.

O presidente do Consea (Conselho de Segurança de Areia/PB), Sebastião Batista de Nascimento (Basto), e o juiz daquela Comarca, Edailton Medeiros, relataram experiências bem sucedidas que têm ajudado no âmbito da segurança pública.

O magistrado narrou que o trabalho integrado com o Consea tem sido importante não só para a prevenção da violência, mas para apoiar as ações de policiais civis e militares no aspecto estrutural. O conselho, lembrou ele, é sustentado financeiramente pela sociedade que garante a sua autonomia.

Citou, como exemplo de atividade humanitária, o caso de presos que dormiam sentados na cadeia pública de Areia e que agora se acomodam num albergue construído pelo Consea. Sobre a infraestrutura das policias, contou que com recursos do conselho foram comprados pastilhas de freios para viaturas. Na prevenção, relatou as palestras nas escolas para alertar a respeito do perigo das drogas. Por fim, o juiz Edailton sugeriu a criação do Conseg (Conselho de Segurança de Guarabira).

O padre Adauto Tavares, que foi vigário de Areia e teve atuação reconhecida inclusive como presidente do Consea, reforçou a ideia e com o aval dos presentes definiu o 5 de março (segunda-feira), às 19h30, no mesmo salão paroquial, como data para uma reunião que terá por finalidade estudar o estatuto do Consea, visando a implantação do conselho em Guarabira.

Os vereadores guarabirenses Beto Meireles e Nel das Tintas foram os únicos a comparecer. Dos cinco magistrados da Comarca de Guarabira, apenas o juiz da 2ª Vara, Gustavo Pessoa Tavares, explicou a ausência. Os demais sequer justificaram. Padre Adauto disse que convites também foram entregues ao Ministério Público. O promotor de justiça Abração Falcão não compareceu, mas foi o único a enviar representação.

Redação/Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627