investigações

Guarabira: jovem foi morta por estrangulamento e polícia quer saber se houve estupro

Publicado em quinta-feira, agosto 8, 2019 ·

A polícia continua trabalhando nas investigações para tentar elucidar o assassinato da jovem Deysiane Taynalle, de 23 anos, encontrada morta no começo da tarde desta terça-feira (6), às margens do Canal do Juá, em Guarabira.

No local do crime, peritos contaram que possivelmente a morte foi provocada por estrangulamento, visto que o corpo foi encontrado despido e com um fio envolto no pescoço da vítima. Mas o resultado conclusivo só será divulgado posteriormente pela Polícia Científica.

Os peritos reclamaram da dificuldade que terão devido à alteração da cena do crime que foi feita por curiosos que se aglomeraram, deixando pegadas, amassando a vegetação existente, depois que o corpo foi localizado por crianças que empinavam pipa nas imediações do Canal.

A polícia solicitou que fosse realizado exame de conjunção carnal para saber se ouve estupro contra a vítima. Depois de concluídos os exames, o corpo deverá ser encaminhado ao município de Esperança, terra natal da jovem, onde será sepultado.

O crime

De acordo com as investigações, Deysiane estava na casa da sogra na noite de sábado quando foi para casa, sozinha, do bairro do Nordeste para as proximidades do Canal do Juá, onde residia, tendo que atravessar o local ermo, e teria sido atacada por um ou mais elementos.

Ela estava desaparecida desde o último sábado (3) e foi encontrada somente nesta terça, já em estado de decomposição.

Em entrevista à imprensa, o companheiro da jovem, Rodrigo França, de 22 anos, disse que ela estava com suspeita de gravidez. Ele contou ainda que estava em casa aguardando a companheira chegar.

 

 

portal25horas

 

 

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627