Grêmio passa pelo São Paulo, embala e mantém Corinthians na ponta

Publicado em segunda-feira, setembro 12, 2011 ·

gremio x spO Grêmio frustrou as pretensões do São Paulo de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro e, com uma vitória por 1 a 0, no Olímpico, alcançou o terceiro triunfo consecutivo. A última derrota dos gaúchos foi justamente contra o Corinthians, equipe que se favoreceu do resultado deste domingo para se manter na primeira colocação.

Ameaçados pelo rebaixamento durante o primeiro turno, os gremistas respiram na tabela e chegam aos 30 pontos, na 12ª colocação. Os são-paulinos, por sua vez, não aproveitam uma rodada em que nenhum dos concorrentos diretos pela ponta venceu e termina a noite na terceira colocação, com 41 pontos.

Douglas foi o autor do único gol do confronto, que foi dominado pelos donos da casa na maior parte. Apesar de alguns lances de ataque, os comandados de Adilson Batista fizeram um jogo ruim e não confirmaram o bom retrospecto fora de casa no Brasileiro.

Na próxima rodada, o São Paulo joga no Morumbi, contra o Ceará, enquanto o Grêmio enfrenta o Vasco, fora de casa.

O jogo
O duelo de tricolores tinha grandes ingredientes: quatro dias após a festa pelo milésimo jogo de Rogério Ceni, o São Paulo tinha a chance de alcançar a liderança do Brasileiro com vitória no Olímpico. Já o Grêmio, vivendo a melhor fase na competição, prometia ser um grande adversário e fazer valer a força em seus domínios para se afastar definitivamente da zona de risco.

O time paulista contava com a volta do lateral direito Ivan Piris, que desfalcou a equipe por três rodadas servindo a seleção paraguaia. Pelo lado gaúcho, Gilberto Silva, ainda se recuperando de lesão muscular, segue fora.

Em campo, o Grêmio procurava mais o ataque, enquanto o São Paulo tentava marcar bem e surpreender o adversário no contra-ataque com jogadores velozes, como Lucas e Dagoberto.

Aos 12min, Rogério Ceni, que recebeu diversas homenagens na semana por seus mil jogos com a camisa são-paulina, quase fez uma lambança que mancharia o momento de glória: ele tentou sair jogando e mandou em cima de André Lima. Por sorte, o gremista não soube aproveitar e a bola voltou para Ceni.

Dagoberto era a referência são-paulina no ataque e levava perigo ao gol de Victor quando chegava. Aos 21min, o camisa 25 do clube paulista recebeu aberto na esquerda, cortou a marcação e bateu por cima do travessão.

O Grêmio chegou a abrir o placar no primeiro tempo, mas a arbitragem anulou o lance, gerando reclamações. Aos 23min, Marquinhos chutou cruzado e André Lima desviou no meio da área. A bola entrou no canto, mas o assistente apontou impedimento do atacante.

Empurrados pela torcida, os gremistas tentavam sufocar o São Paulo. Muitas vezes apertado, os defensores são-paulinos tocavam a bola para o capitão Rogério Ceni, que tentava organizar o ataque com lançamentos.

Em uma última boa oportunidade gremista no primeiro tempo, aos 45min, André Lima recebeu cruzamento, dominou no peito e bateu de voleio. Rhodolfo afastou no meio do caminho.

Após os sustos na etapa inicial, o São Paulo voltou melhor depois do intervalo. Logo aos 4min, Dagoberto acertou bom chute no pé da trave e Victor teve que se esticar muito para espalmar para escanteio.

O time de Adilson Batista parecia melhor naquele momento, mas foi o Grêmio que marcou. Aos 23min, Júlio César fez bela finta na linha de fundo, deixando Piris para trás. O lateral gremista cruzou na medida e Douglas bateu firme para o fundo das redes.

Faltou força para uma reação são-paulina. O time mostrava esforço, mas parou no bom esquema tático gremista e sequer ameaçou o adversário nos minutos finais.

Ficha técnica

GRÊMIO 1 X 0 SÃO PAULO

Gols
GRÊMIO:
Douglas, aos 19min do segundo tempo

GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes, Saimon, Edcarlos e Julio Cesar; Adilson, Fernando, Marquinhos (Miralles, aos 24’2T), Douglas e Escudero; André Lima (Brandão, aos 40’2T). Técnico: Celso Roth

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Casemiro (Jean), Carlinhos e Cícero (Willian José); Lucas e Dagoberto (Rivaldo). Técnico: Adilson Batista.

Cartões amarelos
GRÊMIO: Marquinhos, Saimon, Julio Cesar, Douglas e Edcarlos
SÃO PAULO: Casemiro, Juan e Dagoberto

Árbitro
Héber Roberto Lopes (Fifa-PR)

Público/Renda
R$ 561.727,00/ 30.078 pagantes

Local
Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627