turismo

Governo libera retomada de atividades em Unidades de Conservação da Paraíba a partir de 1º de setembro

Publicado em sábado, agosto 15, 2020 ·

O Governo do Estado anunciou neste sábado (15) uma reabertura parcial e gradual da visitação pública às Unidades de Conservação Estaduais da Paraíba, a partir de 1º de setembro. A decisão, publicada no Diário Oficial deste sábado, deve seguir as orientações do Plano “Novo Normal Paraíba” e a reabertura vai depender da classificação por bandeiras da cidade.

Municípios com bandeira verde e amarela podem funcionar, com restrições. Já as cidades sob a bandeira laranja e vermelha, não podem retornar nesta fase.

Para as fases passíveis de visitação pública, é obrigatório o uso de máscara de proteção facial cobrindo a região do nariz e boca. Cada visitante deve atentar à etiqueta respiratória em caso de tosse ou espirro e deve também respeitar o distanciamento físico mínimo de dois metros entre as pessoas, de modo a evitar aglomerações.

O visitante também deve portar garrafa d’água individual, para consumo próprio. A aferição de temperatura corporal dos visitantes será de responsabilidade da operadora de turismo.

Fica proibido o uso de corpos hídricos (rios, cachoeiras e outros) para lazer dentro das Unidades de Conservação.

Bandeira verde

Fica permitido o uso da área comum das Unidades de Conservação, com capacidade controlada de 60 pessoas por turno. Atividades turísticas como trilhas, rapel, passeios de catamarã, entre outras, respeitarão capacidade reduzida de 10 pessoas por condutor ou guia de turismo.

Ensaios fotográficos, filmagens e gravações de programações de TV serão permitidas mediante agendamento e autorização prévia do órgão Gestor, sendo possível o agendamento de até três atividades por turno.

As Unidades de Conservação que possuem infraestrutura de apoio ao visitante e auditório serão abertas mediante acesso controlado, sendo o uso dos bebedouros autorizado apenas para o enchimento de garrafas.

Bandeira amarela

Fica permitido o uso da área comum com capacidade máxima de 30 pessoas por turno. Atividades turísticas como trilhas, rapel, passeios de catamarã, entre outras, respeitarão capacidade reduzida para 10 (dez) pessoas por condutor ou guia de turismo.

Ensaios fotográficos, filmagens e gravações de programações de TV serão permitidas mediante agendamento e autorização prévia do órgão Gestor, sendo possível o agendamento de até duas atividades por turno.

As Unidades de Conservação que possuem infraestrutura e apoio ao visitante e auditório manterão centro e auditório fechados, assim como seus bebedouros.

Bandeira laranja e vermelha

Permanece suspensa a visitação pública, até que o município se enquadre em bandeiras que não representem risco à saúde pública, ou até a publicação de ato normativo modificativo.

G1

 

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627