O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), anunciou, na manhã desta terça-feira (17), a antecipação das férias escolares da rede pública estadual. As aulas ficarão suspensas de 19 de março a 18 de abril, como forma de prevenção à disseminação do novo coronavírus. O Estado recomenda que escolas municipais e privadas sigam a mesma medida. A Paraíba ainda não registrou casos de novo coronavírus. Segundo boletim divulgado no início da manhã, 48 suspeitas são investigadas e 16 foram descartadas desde o início das notificações.

Entre as medidas de combate ao vírus, o Estado também divulgou, ainda, a suspensão do atendimento ao público em repartições; a elaboração de esquemas de trabalho na modalidade home office para servidores com idade acima de 60 anos, exceto para os que trabalham nas áreas da Saúde e Segurança; suspensão de visitas em abrigos de idosos; suspensão de atividades que envolvam aglomerações, como inauguração de obras e assinatura de ordens de serviços.

Segundo o governador João Azevêdo, ainda não são cogitadas medidas extremas, como fechamento de estabelecimentos comerciais. Ele destacou que o Estado está confiante no plano de contingência e não há razão para alarde. “A Paraíba está numa situação de vanguarda. Estamos nos antecipando para que não ocorra aqui o que está acontecendo em outros estados”, destacou.

Acompanhe a coletiva ao vivo: