Governador Ricardo Coutinho explica motivos que levaram a exoneração da ouvidora da Segurança Pública da Paraíba

Publicado em quarta-feira, outubro 2, 2013 ·

 De acordo com o governador, o mandato de  Valdênia tinha período de dois anos terminando  no mês passado e a mesma já tinha pedido para  ser afastamento da função. De acordo com o  governador, o afastamento da ouvidora não tem  “nenhuma relação” com as supostas denúncias  feitas pelo deputado federal Luiz Couto que um  grupo criminoso tinha tramado para matar o  parlamentar e a ouvidora.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
Ainda durante a entrevista, Ricardo Coutinho, comentou sobre as denúncias feitas pelo aliado Luiz Couto na Câmara Federal na última segunda-feira (30). O governador disse que as denúncias feitas pelo petista não coloca em cheque o trabalho da Segurança da Paraíba.

“O secretário Walber Virgolino mandou abrir sindicância na própria Secretaria de administração Penitenciária e  Claudio Lima  (Segurança) auxiliou a Polícia Federal para que ela possa dizer quais são os indícios. Eu não quero nem prova, quero os indícios que levaram a uma coisa tão séria como essa para que a Policia tenha o mínimo de indícios para que essa verdade possa aparecer”, argumentou o governador.

Durante seu pronunciamento na Câmara, Luiz Couto acusou um agente penitenciário de participar do grupo criminoso que planejava assassiná-lo juntamente com Valdência Lanfranchi. De acordo com Luiz Couto, Dinamérico Cardim teria utilizado um veículo da secretaria para levar parte do dinheiro que pagaria um pistoleiro alagoano contratado para o serviço.

Roberto Targino – MaisPB

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627