ESTELIONATO

Golpistas usam nomes de restaurantes de João Pessoa para roubar WhatsApp das vítimas; delegada orienta como recuperar conta

Publicado em quarta-feira, Abril 7, 2021 ·

Golpistas estão usando nomes de restaurantes de João Pessoa para roubar as contas de WhatsApp das vítimas na Paraíba. O ClickPB conversou com a delegada Andréa Melo sobre essa prática de estelionato que tem o objetivo de conseguir depósitos de dinheiro dos amigos e familiares das pessoas que têm o perfil no app tomado através de falsas promoções.

“É uma coisa bastante frequente. Eles se passam por hotéis e restaurantes. Você aceita conversar com essas contas no Instagram. Eles começam a manter contato com a vítima via direct, dizendo ‘obrigado por aceitar nossa solicitação’ e dizem que estão fazendo promoções. Perguntam ‘qual seu número de telefone?’ E aí inventa um cadastro e dizem ‘você vai receber um código para acessar o voucher (vale brinde). E aí tomam o WhatsApp da vítima”, explicou ao ClickPB a delegada Andréa Melo, da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa.

Ela contou que esse é tipo de golpe que está sendo mais usado atualmente para tomar o WhatsApp das vítimas e depois usá-lo para pedir dinheiro em nome da pessoa.

Ainda segundo a delegada, esses golpistas geralmente estão em São Paulo ou no estado de Goiás. Ela explicou que “a gente consegue identificar a pessoa que recebeu o dinheiro e, então, encaminha a denúncia para a Polícia Civil do estado onde aconteceu o embolso, onde houve a vantagem financeira. Nesses golpes de WhatsApp é muito comum serem os golpistas de São Paulo e Goiás.” A partir de então é iniciada a investigação para se chegar ao golpista que enganou a vítima na internet.

A delegada Andréa Melo explicou que os autores dessas fraudes podem ser enquadrados nos crimes de estelionato e falsa identidade “quando ele pega a foto de um estabelecimento” para servir de identificação e de credibilidade junto à vítima.

Recuperar conta

Para recuperar a conta de WhatsApp, a delegada orienta acionar o WhatsApp e avisar aos amigos para não depositarem dinheiro em seu nome. “Tomou conhecimento de que foi vítima de um golpe? Informa em rede social que teve o número clonado, que não depositem dinheiro em nome dela, vai em qualquer delegacia, registra boletim de ocorrência. Depois é preciso enviar um e-mail para o suporte do WhatsApp informando que teve o número clonado. Aí o WhatsApp vai enviar um código para a vítima retomar a conta no próprio aparelho.”

Golpe da vacina

De acordo com a delegada, há também outro golpe sendo praticado atualmente. Os golpistas fingem que estão fazendo uma pesquisa sobre as vacinas contra Covid-19. Eles pedem um código enviado ao celular da pessoa, alegando que esse código vai validar as respostas da vítima junto à pesquisa.

Restaurantes

O Bar do Cuscuz e o Restaurante Mezzan (que foi desativado), anteriormente localizado no Hotel Manaíra, alertaram nas redes sociais sobre o uso dessas marcas por golpistas. Confira abaixo os comunicados:

Um dos golpistas tem usado o nome do Nipan Culinária Oriental, que tem como conta oficial no Instagram o @restaurantenipan, para enganar vítimas com a conta falsa @nipanrestaurante@nipanrestaurante.

 

clickpb

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627