Flu derrota Náutico no sufoco, se reabilita e segue na liderança

Publicado em domingo, setembro 23, 2012 ·

Foto: Photocamera/Divulgação

O Fluminense passou sufoco no final, mas venceu o Náutico por 2 a 1, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, neste sábado, e se manteve líder do Campeonato Brasileiro por mais uma rodada. O time carioca abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com Leandro Euzébio e Fred, mas levou um gol aos 36min da etapa final e passou a ser pressionado até o apito derradeiro.

O time tricolor, com 56 pontos, volta a jogar no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no clássico contra o Flamengo, no Engenhão. O Náutico, com 31 pontos ganhos, encara o Atlético-GO, no sábado, às 18h30, no Estádio dos Aflitos, em Recife.

O jogo deste sábado começou acelerado e com pouco mais de 10 minutos as equipes tiveram chance de abrir o placar. Aos 2min, o Fluminense teve oportunidade com Wellington Nem. Após cruzamento, ele desviou de cabeça, levando perigo ao adversário.

Aos 11min foi a vez do Náutico assustar. Bruno ajeitou dentro da área, Kim dominou no peito e chutou por cima do gol de Diego Cavalieri. O Fluminense tomava a iniciativa, mas o Náutico também assustava nos contra-ataques.

A partir dos 20 minutos, o Náutico passou a dominar as ações ofensivas da partida, criando mais jogadas, porém, sem sucesso nas finalizações. Foram três boas oportunidades, todas defendidas pelo goleiro tricolor.

O Fluminense seguia sem conseguir boas jogadas de ataque, mas mesmo assim conseguiu abrir o placar no fim do primeiro tempo. Após falha do goleiro do Náutico em cobrança de escanteio, Fred desviou de cabeça e Leandro Euzébio chutou para abrir o placar, aos 41min. Ainda deu tempo de Fred receber na área, marcar o dele e ampliar o placar a favor do tricolor carioca.

Na segunda etapa, o Fluminense seguiu no embalo. Logo aos 6min, Wellington Nem quase marcou de cabeça. Um minuto depois foi a vez de Fred assustar pelo alto. O atacante cabeceou após cobrança de escanteio, obrigando Gideão a fazer boa defesa.

O atacante ainda teria nova oportunidade aos 14min, chutando por cima do gol após toque de calcanhar de Bruno. A primeira chance clara do Náutico foi aos 16min, mas Diego Cavalieri saiu do gol para dividir com Kim na pequena área.

O Náutico buscava impor uma blitz na defesa do Fluminense, que já não assustava há algum tempo. No entanto, Digão recebeu cruzamento e cabeceou com perigo, para a defesa de Gideão.

O Náutico seguia em busca da reação. Aos 36min, Kim conseguiu invadir a área e marcar após desvio da zaga. Com o gol, o time pernambucano se animou e passou a dar sufoco nos cariocas, quase chegando ao empate com 45min, mas Diego Cavalieri salvou o Fluminense com uma defesa espetacular. No mesmo lance, um jogador do Náutico foi empurrado por Gum dentro da área, mas o juiz não marcou o pênalti.

Ficha técnica

FLUMINENSE 2 X 1 NÁUTICO

Gols
FLUMINENSE: Leandro Euzébio, aos 41min do 1º tempo; Fred, aos 45min do 1º tempo

NÁUTICO:Kim, aos 36min do 2º tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno Vieira, Gum, Leandro Euzébio (Digão) e Carleto; Jean, Valência, Deco (Wagner) e Thiago Neves (Marcos Junior); Wellington Nem e Fred
Treinador: Abel Braga

NÁUTICO: Gideão; Patric, Alemão, Jean Rolt e Douglas Santos (João Paulo); Elicarlos, Souza, Martinez e Rhayner; Rogério (Andrés Romero) e Kim
Treinador: Alexandre Gallo

Cartões amarelos
FLUMINENSEDiego Cavalieri, Deco e Valencia
NÁUTICO:Alemão, Martinez e Kim

Árbitro
Pablo dos Santos Alves (ES)

Local
Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)

Terra

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br