Flamengo decepciona na estreia e só empata com o Aquidauanense-MS

Publicado em quarta-feira, Janeiro 4, 2012 ·

Thomás tenta levar o Fla ao ataque no estádio Luís Augusto de Oliveira (Foto: Cello Messias/Vipcomm)
Thomás tenta levar o Fla ao ataque no estádio Luís Augusto de Oliveira (Foto: Cello Messias/Vipcomm)

Foi melancólica a estreia do Flamengo, atual campeão, na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Rubro-Negro, que teve Muralha e Thomás, atletas que já integram o elenco profissional do clube, durante os 90 minutos em ação, não passou de empate por 0 a 0 com a equipe do Aquidauanense-MS. O jogo, válido pelo Grupo I, foi disputado no estádio Luís Augusto de Oliveira, na cidade de São Carlos.

Com o resultado, Flamengo e Aquidauanense aparecem empatados na terceira posição do grupo. São Carlos e União São João, que mais cedo estrearam com igualdade por 1 a 1, dividem a ponta da chave (veja a tabela completa). O primeiro colocado do grupo terá vaga garantida na segunda fase da competição.

Aquidauanense mostra qualidade

O Flamengo começou a partida tendo mais posse de bola. O Rubro-Negro foi a campo com Muralha e Thomás no time titular. Os dois integram o grupo profissional do Flamengo, mas têm idade para jogar a Copinha e estão na competição. O time carioca, entretanto, esbarrou na forte marcação dos sul-mato-grossenses.

Thomas, Flamengo x Aquidauanense - Copinha (Foto: Cello Messias/Vipcomm)Thomás tenta levar o Fla ao ataque no estádio Luís Augusto de Oliveira (Foto: Cello Messias/Vipcomm)

Postado com três zagueiros, o Aquidauanense não se limitou a marcar. A equipe mostrou muita velocidade nos contragolpes e conseguiu as primeiras boas chances de gol. Numa delas, o atacante Brandão saiu na cara do goleiro Caio e tocou por cobertura. A bola foi para fora.

No lado do Fla, Lorran, em especial, errou muitos passes ao longo da primeira etapa. Aos poucos, o Rubro-Negro conseguiu melhorar seu rendimento. Muralha, em cobrança de falta, e Thomás, em chute da entrada da área, deram trabalho ao goleiro Juninho.

A última boa chance da etapa inicial, porém, acabou sendo do Aquidauanense. Felipinho arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e o goleiro Caio teve dificuldade para mandar a escanteio.

No segundo tempo, as duas equipes voltaram sem modificações. O panorama seguiu parecido, com o Flamengo tendo dificuldade para penetrar na defesa do Aquidauanense. O técnico Paulo Henrique, então, resolveu mexer duas vezes no time rubro-negro, aos 12 minutos do segundo tempo. Jonas entrou no lugar de Felipe Dias, na lateral esquerda, e Adryan tomou a vaga de Pedrinho no meio. No time sul-mato-grossense, Brandão se machucou e deu lugar a Matheus.

Rubro-Negro pressiona no segundo tempo

O Flamengo foi aos poucos tomando conta do jogo. Aos 18 minutos, o time teve grande chance de abrir o placar. Digão foi ao fundo pela direita e cruzou para Yguinho, que testou livre. A bola saiu rente ao poste direito do goleiro Juninho, que agradeceu aos céus por não ter levado o gol.

Aos 24, Juninho precisou mais do que o olhar para evitar o gol flamenguista. Muralha soltou uma bomba de fora da área, o goleiro deu rebote e Adryan apareceu para pegar a sobra. Juninho, uma vez mais, fez a defesa, mandando a escanteio. Na cobrança, Yguinho subiu livre na pequena área e cabeceou. Juninho salvou de novo.

A partir daí o panorama do jogo seguiu com o Flamengo tentando, de forma não muito ordenada, chegar ao gol da vitória, e o Aquidauanense tentado explorar os contragolpes. Nenhum dos times, entrentanto, conseguiu marcar, e o jogo acabou mesmo 0 a 0.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627