Fla pagará bicho de R$ 2 milhões por título e jogadores acertam divisão com funcionários

Publicado em sábado, novembro 23, 2013 ·

 Foto: Ivo Gonzalez / O Globo
Foto: Ivo Gonzalez / O Globo

No Flamengo, a união faz a força. Por decisão dos jogadores, a premiação pela conquista da Copa do Brasil, estabelecida em R$ 2 milhões, será dividida com todos do elenco, comissão técnica e também funcionários do Ninho do Urubu.

É uma vitória dupla dos líderes Chicão, Elias, Wallace e André Santos. O valor inicial de R$ 1 milhão dobrou e, com isso, criou-se uma atmosfera positiva no Centro de Treinamento em Vargem Grande.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A divisão percentual dos R$ 2 milhões ainda será feita. Mas a tendência é que 70% fique com o grupo, e os 30% restantes para os demais. O técnico Jayme de Almeida e o auxiliar Cantarelle, assim como o diretor executivo Paulo Pelaipe, têm premiações diferentes.

Antes, a fatia para os jogadores recebia tratamento diferenciado de acordo com a produtividade, dependendo do número de partidas. Desta vez, 28 jogadores receberão a quantia. O valor ficará em torno de R$ 50 mil. As passagens de fase renderam ao grupo R$ 1,3 milhão.

Para a diretoria, a divisão é soma. E a atitude prova que os jogadores estão unidos, atrás do título. Em Curitiba, após o empate em 1 a 1 com o Atlético-PR, André Santos se atrasou para retornar ao hotel, depois de um jantar , e foi interpelado por companheiros, preocupados com a exposição mesmo que mínima.

Comandado por um ex-zagueiro — Jayme —, o Flamengo protege seus criticados, numa forma de união do elenco. A defesa de Carlos Eduardo é um dos sintomas do escudo rubro-negro.

— É jogador do meu time. Está jogando e estou satisfeito. Eles sabem o que precisa fazer para vencer, são parceiros em campo — afirmou.

Extra

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627