Fla diz que não foi notificado sobre decisão de Juizado e informa que 32 mil ingressos foram vendidos para decisão

Publicado em quinta-feira, novembro 14, 2013 ·

Presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello Foto: Thiago Lontra / Extra
Presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello Foto: Thiago Lontra / Extra

Em entrevista à Rádio Globo na tarde desta quinta-feira, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, disse que o clube não foi notificado sobre a decisão do Juizado Especial do Torcedor, que determinou redução do preço dos ingressos para a final da Copa do Brasil. O mandatário garantiu que o clube já vendeu cerca de 32 mil ingressos até esta tarde para os sócios-torcedores.

— Não fomos notificados de nada ainda. Acho que é uma decisão que não é justa se for confirmada. Se formos notificados, não vamos discutir, decisão judicial se cumpre. Mas se ocorrer o Flamengo vai ccorrer atrás de seus direitos. As vendas parciais dizem que o preço não está acima — afirmou Bandeira. O departamento jurísico se mobiliza para entrar com recurso contra a liminar deferida.

Segundo nota do Flamengo, 26 mil ingressos foram vendidos até 13h desta quinta-feira e o valor médio da entrada é de R$109,51. De um total de 32.221 lugares ocupados, 4.900 foram gratuidades e 13.434 ingressos foram vendidos a R$ 75. 1.795 vendidos a R$ 105. Cerca de 8.000 ingressos ao preço de 150.

O juiz Marcello Rubioli, do Juizado Especial do Torcedor, do Tribunal de Justiça do Rio, determinou nesta quinta-feira que o Flamengo limite o aumento do preço do ingresso para a final da Copa do Brasil em 100%. Com isso, o preço mínimo será de R$ 120 para os setores mais baratos, chegando a R$ 320. Anteriormente, as entradas variavam de R$ 250 a R$ 800.

A decisão foi tomada depois de uma liminar movida pelo promotor Paulo Sally, do Ministério Público, na noite da última quarta-feira. A ação pedia o bloqueio das vendas nos atuais valores e o acréscimo percentual máximo nos preços de 70%. A argumentação se baseava no aumento máximo de 83% dos bilhetes da Copa do Mundo entre a semifinal e a final do torneio.

O pedido de reembolso imediato a quem já comprou o ingresso foi negado e será avaliado posteriormente, por se tratar de uma liminar.

— As últimas informações que tenho é que mais de 32 mil ingressos foram vendidos. Dos quais quase 60% ingressos de R$ 75 para baixo. Ou seja, tudo aquilo que a gente vinha falando se confirmou. O ticket-médio do dia 27 vai ser muito abaixo como aquilo que vem sendo apregoado como valor mínimo (R$ 250)—, disse Bandeira de Mello à Rádio Globo.

Extra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627