Filho que investigava a morte do pai é assassinado em Bayeux

Publicado em terça-feira, novembro 29, 2011 ·

revolver1O filho do vigilante Severino Fernandes da Silva, de 50 anos, assassinado em setembro com vários disparos de arma de fogo no bairro do Mário Andreazza, foi executado por vários disparos de arma de fogo volta das 21h30, do domingo (27), nas proximidades da colônia Getúlio Vargas, em Bayeux.

Segundo informações do cabo Rubem, Marcelo Arruda, 26 anos, estava investigando por conta própria a morte do pai, o que pode está relacionado ao motivo do crime. Ele morava no conjunto Tibiri, em Santa Rita.

O cabo PM afirmou que as primeiras informações dão conta que a vítima foi atingida por cerca de 10 tiros. A polícia suspeita de uma emboscada e que o crime tenha sido praticado por mais de duas pessoas. Marcelo Arruda estava de moto e armado.

Na morte do pai de Marcelo, a polícia apontou duas hipóteses. A primeira é foi a de latrocínio, já que a moto do vigilante também foi roubada. A outra seria a de execução, pois Severino havia entrado com uma ação na Justiça contra um homem, que não teve o nome identificado, e este teria lhe ameaçado. Essa informação foi passada à Polícia pela esposa da vítima.

O vigilante Severino Fernandes da Silva trabalhava há mais de 30 anos no Centro de Tratamento da Hanseníase, antiga Colônia Getúlio Vargas, em Bayeux.

Fonte: Bayeuxemfoco

Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627