Felipe salva, Fla empata com Vasco e perde chance de liderar

Publicado em domingo, agosto 28, 2011 ·

fla felipeFaltou o gol, não emoção. Flamengo e Vasco fizeram um jogo eletrizante neste domingo no Engenhão, no Rio. Com um a menos durante todo segundo tempo – Welinton foi expulso -, o time rubro negro poderia conquistar a liderança do Campeonato Brasileiro com a derrota do Corinthians. Mas o resultado ficou de bom tamanho, principalmente pelas grandes defesas do goleiro Felipe. Do lado vascaíno, um susto: o técnico Ricardo Gomes deixou o campo de ambulância após mal-estar. O Flamengo terminou o primeiro turno em segundo, com 36 pontos, um a menos do que o Corinthians. Os vascaínos estão em quarto, com 35, mas já garantido na Libertadores.

Um início eletrizante entre o atual campeão da Copa do Brasil e um time que sonhava em terminar o primeiro turno na liderança. O Vasco saiu para o jogo, mas quase sofreu numa jogada de Ronaldinho, que, aos 5 min, girou e colocou a bola entre a zaga para Léo Moura finalizar. Fernando Prass defendeu com os pés.

Com apenas 9 min, Vanderlei Luxemburgo queimou uma alteração após uma torção no joelho esquerdo do zagueiro Alex Silva. Ronaldo Angelim entrou. E, aos poucos, o Vasco tomou a atitude. Felipe salvou o Flamengo ao espalmar duas bolas de cabeça. Primeiro, aos 12 min, com Alecsandro aproveitando cruzamento pela direita de Fágner. Também se esticou após o escanteio, no forte cabeceio de Rômulo.

A pressão cresceu. Juninho Pernambucano, aos 24 min, quase encaixou a bola no ângulo direito de Felipe. A tensão começou a tomar conta do clássico, com faltas duras e cartões amarelos para os dois lados.

Ao tentar sair jogando, o zagueiro Welinton errou o passe. A bola explodiu em Diego Souza, que arrancou em direção ao gol e foi derrubado pelo zagueiro. Foi expulso. Na falta, aos 42 min, Juninho estremeceu a trave direita de Felipe. Mesmo superior, o Vasco não aproveitou para abrir o marcador.

Susto
Com um a menos, Luxemburgo voltou para o segundo tempo encerrando suas alterações: tirou Botinelli e Deivid para as entradas de Negueba e Luiz Philipe, respectivamente. Longe de uma boa atuação, Alecsandro foi substituído por Élton. O Vasco tinha dificuldade em ultrapassar a defesa da equipe rubro-negra. Aos 16 min, o goleiro Felipe voltou a brilhar ao espalmar uma cabeçada de Dedé.

Com 42 min, um susto. O técnico Ricardo Gomes passou mal, com a pressão alterada, segundo o departamento médico, e deixou o campo de ambulância preocupando a todos, já que em fevereiro de 2010, pelo São Paulo, o comandante teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Foi levado ao posto médico do Engenhão. O auxiliar

A vontade do Flamengo e a preocupação vascaína deixaram o jogo disputado, mas fraco tecnicamente. O time rubro-negro teve a chance de assumir a liderança, enquanto o Vasco poderia encostar mais no Corinthians.

Na próxima rodada, o Flamengo vai quarta-feira a Ressacada, em Florianópolis, às 21h50, encarar o Avaí. No mesmo dia, mas às 18h, o Vasco recebe o Ceará em São Januário.

Ficha técnica

FLAMENGO 0 x 0 VASCO

FLAMENGO: Felipe; Léo Moura, Alex Silva (Ronaldo Angelim), Welinton e Junior Cesar; Willians, Luiz Antônio, Renato Abreu e Bottinelli (Negueba); Ronaldinho Gaúcho e Deivid (Luiz Philipe).
Treinador: Vanderlei Luxemburgo

VASCO: Fernando Prass; Fágner, Dedé, Renato Silva e Jumar; Eduardo Costa, Rômulo, Juninho Pernambucano (Leandro) e Diego Souza (Bernardo); Eder Luis e Alecsandro (Élton). Técnico:
Treinador: Ricardo Gomes

Cartões amarelos
FLAMENGO: Willians, Felipe e Junior Cesar
VASCO: Jumar, Fágner e Eduardo Costa

Cartão vermelho
FLAMENGO: Welinton

Árbitro
Péricles Bassols Cortez (RJ)

Local
Engenhão, no Rio de Janeiro

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627