Exercícios para o músculo da garganta ajudam a diminuir o ronco

Publicado em terça-feira, outubro 6, 2015 ·

sonoPara quem tem sono leve, dormir com alguém que ronca pode se tornar um pesadelo. O problema é que quem ronca quase nunca percebe. É importante saber de onde vem o ronco e o que ele está causando na saúde da pessoa que ronca e na dos outros. Por exemplo, roncar aumenta os batimentos cardíacos e a pressão arterial. Pode até provocar uma parada cardíaca.

E o Bem Estar desta terça-feira (6) falou sobre o ronco com os convidados, o consultor e cardiologista Roberto Kalil e o pneumologista Geraldo Lorenzi.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O ronco pode ter diversos motivos. O problema pode ser decorrente da flacidez de músculos, de obstrução no nariz, do aumento de peso e consequentemente do pescoço, do abuso de álcool ou tudo isso junto. Quanto mais velho ficamos, maior a flacidez e o risco de roncar. Homens sofrem mais com os roncos e as mulheres com a insônia.

Alguns exercícios para o músculo da garganta podem ajudar a acabar com o ronco. Um deles consiste em fazer força para levantar o sininho da garganta, segurar e relaxar. Em outro exercício, tente colocar a língua no céu da boca e abra a boca, tentando manter a língua grudada no céu da boca; segure por cinco segundos e relaxe.

O Incor fez um estudo com 39 pacientes divididos em dois grupos. Um grupo recebeu o tratamento convencional e o outro participou os exercícios durante três meses. Quem fez o exercício teve redução de 35% na frequência e de 60% na intensidade do ronco.

A avaliação dos resultados foi feita a partir de gravações dos roncos dos pacientes antes e depois do tratamento. Também foi levada em conta a percepção dos outros moradores das casas.

 

 Apneia e coração
Quando a apneia ocorre há uma queda da oxigenação do sangue, aumento do batimento cardíaco e pressão arterial. As quedas e retomadas súbitas da oxigenação do sangue dezenas a centenas de vezes ao longo da noite são os principais gatilhos para o desenvolvimento das doenças do coração e vasos. A pessoa está em maratona durante o sono quando deveria estar descansando.
G1

 

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627