Exercício moderado a intenso pode diminuir risco de AVC silencioso

Publicado em sexta-feira, junho 10, 2011 ·

1910585-6866-atm17Exercício moderado a intenso pode proteger o cérebro de idosos. De acordo com um estudo da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, diminui a possibilidade de desenvolver acidente vascular cerebral silencioso (sem sintomas), associado com um risco maior de mobilidade reduzida, problemas de memória, demência e AVC.

Os cientistas analisaram 1238 pessoas que nunca tiveram um AVC. Os participantes preencheram um questionário sobre frequência e intensidade de atividade física e, depois de seis anos, quando estavam com uma média de 70 anos, seus cérebros foram avaliados por meio da ressonância magnética.

Entre os voluntários, 43% não se exercitavam regularmente, 36% suavam a camisa com práticas leves (como golfe, boliche e dança) e 21% se empenhavam nas moderadas a intensas (tênis, natação, ciclismo e corrida).

Os que se envolveram em exercícios mais puxados tinham probabilidade 40% menor de lesões silenciosas. Não houve diferença entre os sedentários e os que lançavam mão de modalidades leves.

“É claro que exercícios leves têm muitos outros efeitos benéficos e esses resultados não devem desencorajar de fazê-los”, disse o autor do estudo, Joshua Z. Willey, ao site Science Daily. O levantamento ainda constatou que os benefícios não eram evidentes em pessoas sem seguro de saúde. “Pode ser que as dificuldades da vida global dos sem seguro diminuam o efeito protetor do exercício regular”.

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627