Executiva do PSDB fará consulta no STF sobre elegibilidade de Cássio; resposta colocará tucano no paredão

Publicado em sexta-feira, dezembro 6, 2013 ·

cassioApesar do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ratificar que a aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) se repetirá em 2014, o presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, anunciou que fará uma consulta ao Superior Tribunal Federal, em abril do ano que vem, para confirmar a elegibilidade do tucano.

Ainda segundo Ruy, a consulta será feita apenas em abril, porque é nesse período que a Corte do Supremo terá novos membros, já que parte da Corte se aposentará.

Após a garantia  da justiça, caberá a Cássio, conforme Ruy, decidir se vai ou não encarar encabeçar a chapa majoritária para disputar o mandato de governador da Paraíba. Ainda de acordo com Ruy, a voz dos aliados também será ouvida e respeitada.

“O presidente, como sempre, historicamente, defende candidatura própria e eu defendo a candidatura própria e nós vamos realizar vários encontros, ouvir todos os aliados para fechar a decisão, já que um grupo prega a candidatura, outro prega a a aliança”, destacou.

Ruy, que também é o presidente estadual do PSDB na Paraíba, faz questão de destacar que a pressão para que Cássio entre na disputa pelo Governo da Paraíba é imensa, até mesmo entre os próprios correligionários do candidato do PSB.

“A pressão para ele ser candidato é muito grande. Lideranças políticas já o procuraram, inclusive, para serem liberadas, caso ele decide por não se candidatar”, declarou.

O senador Cícero Lucena (PSDB) é outro que garante, em todas as entrevistas que concede, que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) disputará o Governo em 2014.

Já Cássio, quando indagado sobre as especulações, se atém apenas a dizer que essas movimentações da política são naturais. “Eles tentam somar os aliados e separar seus adversários”, disse Cássio.

Ainda na semana passada Ruy negou que teria se reunido na Granja Santana, com o governador Ricardo Coutinho para acordar uma possível dobradinha com o mago, em caso da aliança PSDB/PSB ser reeditada.

“Não participei de acordo nenhum”, falou.

Márcia Dias

PB Agora

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627