Estudo: 92% dos ingleses ajudam nas tarefas domésticas

Publicado em domingo, março 23, 2014 ·

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Os pais de hoje estão cada dia mais presentes no ambiente doméstico e agora gastam 22 horas e 30 minutos semanais cuidando das crianças. De acordo com um  estudo da marca de roupas masculinas Jacamo, realizado com homens ingleses, 92% dos pais modernos dividem com as esposas as tarefas do lar, como cuidar dos filhos e levá-los à escola, cozinhar, limpar a casa e ir ao supermercado. Entre os entrevistados, apenas 4% afirmaram nunca terem se dedicado aos cuidados com as crianças. As informações são do site inglês Daily Mail.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A pesquisa revelou ainda que esta nova geração de “super pais” tem mais jeito e proximidade com a paternidade. Mas, para 64% deles, este novo comportamento em casa é apenas reflexo do homem moderno. O estudo levantou quais são as atividades que eram consideradas exclusivamente das mulheres na maioria das casas e agora são divididas: 37% disseram participar das atividades escolares e preparar o lanche dos filhos, 52% cozinham para toda a família, 57% ajudam nas compras de supermercado e 54% também limpam a casa e lavam a roupa e a louça.

 

29% disseram passar mais tempo em casa do que os pais da geração anterior Foto: Getty Images
29% disseram passar mais tempo em casa do que os pais da geração anterior
Foto: Getty Images

 

Para 29% deles, cuidar da casa e dos filhos os deixa felizes, para 64%, estas tarefas fazem parte do papel de pai e 57% ajudam para serem parceiros da mulher. Se sentir realizado também é o motivo pelo qual 45% dos pais estão a postos nos trabalhos domésticos, enquanto 46% classificam a nova rotina como “uma boa diversão”.

 

Mas e como eles se veem? Mais de 30% se classificam como um provedor no estilo tradicional e 11% se denominam como “maridos do lar”. Já 75% disseram sentir na pele a diferença entre a criação que dão aos filhos daquela que receberam e como isto os faz entender a vida familiar de maneira distinta da geração anterior. Por isso, 29% assumiram passar mais tempo em casa do que os próprios pais.

 

“Meu pai e eu nos damos bem, mas ele admite que não passou muito tempo comigo e minha irmã quando erámos jovens e eu não quero repetir estes erros, por isso, valorizo muito a companhia dos meus filhos. Além disso, os tempos mudaram e minha mulher trabalha tanto quanto eu, então é justo que eu cozinhe e leve as crianças ao médico também”, afirmou Mark Jones, pai de dois meninos que vive em Southampton.

 

Para Martin Roberts, responsável pela pesquisa, os homens estão mudando suas prioridades no lar há mais de 30 anos. “Além da diversão, eles estão se encarregando de tarefas do dia a dia e descobrindo que podem ser mais felizes fazendo isso”, disse.

 

 

Terra

Comentários

Tags : , , ,

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627