Entidades sindicais realizam ato público 6ª feira em protesto contra as demissões

Publicado em quarta-feira, Janeiro 25, 2012 ·

Professor Gilson Nunes, presidente da ASPRENNE
Professor Gilson Nunes, presidente da ASPRENNE

Será realizado na próxima sexta-feira, dia 27, ato público no Parque do Povo, em Campina Grande, a partir das 9 horas da manhã, em protesto contra as demissões de servidores prestadores de serviço e pró-tempores no Estado da Paraíba. O ato é em protesto contra a demissão de 15 mil servidores.

O evento é organizado pela ASPRENNE (Associação dos Servidores Públicos do Norte Nordeste do Brasil), com apoio das entidades representativas do Fórum Permanente do Servidor Estadual. Estão sendo aguardadas caravanas de vários Municípios. A saída dos ônibus de João Pessoa para Campina Grande gratuitamente para o deslocamento é às 7 horas, em frente ao Liceu Paraibano.

Segundo o presidente da ASPRENNE, professor Gilson Nunes, “os servidores montaram um verdadeiro exército para combater a indiferença do Governo do Estado da Paraíba, em relação à anulação do tempo de serviço dos prestadores de serviço e pró-tempores com mais de cinco anos de serviço prestado. Sob a ameaça de demissão em massa, por terem assinado contrato de trabalho de 11 meses, os servidores estão se organizando em caravanas para participar do Ato Público. Muitos políticos já confirmaram a presença”.

Diversas cidades do Brejo, do Sertão, do Litoral e do Agreste têm ligado para o escritório da ASPRENNE, confirmando o envio de delegações ao Ato Público, que pretende ser um marco histórico na história de luta desses servidores. Segundo Gilson, “no passado não existiam sindicatos ou qualquer agremiação de classe que quisesse abraçar essa bandeira, principalmente pela aprovação da PEC 54/99, que poria fim a essa celeuma. Porém, hoje, vários sindicatos aglutinados ao Fórum Estadual de Servidores compartilham da luta da ASPRENNE, e confirmam a participação no evento”.

O endereço da Associação: Rua Afonso Campos, 152 – Subsolo do Odontoplan, por trás da Prefeitura de Campina Grande. Telefone: 83 3321.7362

Ele informou que uma equipe de professores passou o final de semana confeccionando bandeiras negras para o movimento e pintando faixas com frases enigmáticas, que ilustrarão o movimento. Um “Judas” também está sendo confeccionado para ser levado, simbolizando a traição. Muitos cartazes estão sendo preparados com frases de efeito moral para chamar atenção da população para a gravidade da forma de tratamento do governo do Estado da Paraíba com os servidores. 13 mil cartas foram confeccionadas e já estão sendo distribuídas por todo o Estado. Além de mais de 3 mil correspondências via correio eletrônico. Convite via torpedo em torno de 800.

O professor Gilson Nunes montou uma agenda de entrevistas em diversas rádios de Campina Grande, Esperança, João Pessoa e Guarabira, com a participação dos representantes do Fórum Estadual de Servidores. Vários carros de som foram espalhados por todo o Estado convidando os servidores para participarem do Ato, num verdadeiro exército de mobilização.

A expectativa é extremamente positiva por parte do professor Gilson, presidente da ASPRENNE, já que os próprios servidores foram os responsáveis por toda a mobilização, incentivando os colegas de trabalho e distribuindo as castas, além de repassar todo o material recebido por e-mail. Mesmo sem a contribuição associativa em folha fizeram questão de contribuir depositando em uma conta poupança aberta pela associação. Mesmo pessoas de outros Estados ficaram sensibilizadas e contribuíram com o movimento. “Logo, a festa da indignação é sua, boa sorte e vamos à vitória. Pois se Deus é por nós, quem será contra nós?” Concluiu.

Assessoria para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627