Entenda como funciona a “Dieta Flash”

Publicado em segunda-feira, novembro 28, 2011 ·

1914160-0521-atm14As pessoas com uma obesidade severa têm na “Dieta Flash” um caminho para encontrar a solução para seu problema. Com esta “dieta proteinada” mais de 30 milhões de pessoas no mundo todo já emagreceram.

O médico Manuel Jiménez Ucero adverte claramente que este regime, baseado em ingerir uma maior quantidade de proteínas e em suprimir os açúcares e as gorduras em sua fase inicial, para que o organismo assim queime as gorduras do próprio corpo, deve ser feita sempre “sob a batuta de um maestro”, afirmou o especialista.

Uma dieta para um emagrecimento rápido
Entrevistamos Manuel Jiménez Ucero.

– Esta dieta é prescrita só para problemas sérios de obesidade?
– Certamente. Com ela se consegue emagrecer entre dez e 30 quilos em três ou quatro meses, com resultados espetaculares, como uma notável melhoria da saúde do paciente e de suas funções vitais.

– Além disso, parece ser uma dieta rápida.
– Se ela for bem seguida, permite ao homem emagrecer dez quilos e à mulher entre seis e oito quilos durante o primeiro mês.

– Parece ser que agora estão na moda as “dietas proteicas”.
– Bom, há 35 anos que o doutor Blackburn, da Universidade de Harvard, determinou a quantidade exata de proteínas que o ser humano precisa para proteger sua massa muscular em uma dieta de proteínas.

– E em que consiste?
– Em sua primeira fase, reduzir a ingestão de açúcares abaixo dos 50 gramas por dia, uma ausência total de gorduras e uma ingestão correta de proteínas para a manutenção da massa muscular.

– Por que é preciso diminuir o açúcar e os alimentos que o contêm?
– Porque quando você inicia qualquer dieta de emagrecimento, o organismo consome em primeiro lugar as reservas de açúcar depositadas em forma de glucógeno no fígado, no baço e nos músculos: é a reserva natural de energia que o corpo tem para queimar, se for preciso.

– E o que acontece se ele não for fornecido?
– Quando o corpo já consumiu todos os açúcares, o alimento que ele tem acesso mais fácil, inicia a combustão das gorduras de reserva, com o que se começa a emagrecer e o corpo a produzir acetona.

Vantagens e inconvenientes da cetose
– Mas sempre nos tinham alertado que a acetona não era boa para o organismo… – É certo que o paciente pode notar fraqueza, enxaquecas e dores musculares durante os primeiros três dias, mas isso passa rápido, e suas vantagens são enormemente superiores a seus inconvenientes.

– O que o médico costuma receitar nesses primeiros dias?
– O aumento de acetona no sangue provoca sua eliminação pela urina, com aumento da diurese e perda de íons minerais, por isso que o médico prescreverá a ingestão de 1,5 litro de água ao paciente e lhe dará um fornecimento de minerais necessários para evitar estas carências.

-E isso é bom?
– A cetose moderada é um instrumento muito útil no regime de emagrecimento, já que a acetona produz um grande efeito na redução do apetite, faz desaparecer a ansiedade típica de outras dietas e produz um estado de bem-estar no organismo.

– E como isso repercute na perda de peso?
– Nesta etapa estrita, que pode oscilar entre uma semana e um mês, se pode chegar a perder até dois terços do total do peso restante, com o que o estímulo e a alegria do paciente é evidente ao observar os resultados obtidos.

– Que perigo pode trazer para o organismo o aumento de proteínas?
– Nenhum, porque os atuais regimes nunca excedem o fornecimento da quantidade de proteínas que uma pessoa precisa para viver sem perda da massa muscular. E isso equivale, aproximadamente, a entre 1 e 1,5 grama por quilo de peso e dia, que é a quantidade recomendada pela OMS.

– Esta dieta é partidária da “cultura dos suplementos”?
– Sim, os suplementos de proteínas devem ser tomados durante um mês, à razão de cinco produtos diários, mas, nas fases seguintes, só são utilizados dois produtos proteicos por dia.

– É caro?
– Com os suplementos, podemos gastar 105 euros por semana (US$ 140), mas teremos que descontar a carne, ovos, pescado, leite, pão e chocolate, que são proibidos (uma média de 50 euros por semana, ou US$ 67); ou seja, gastaremos 55 euros por semana (US$ 74), que multiplicados por quatro semanas, somarão um total de 220 euros (US$ 296).

– Você pode me dar um exemplo de algum dos pacientes que melhor se adaptou a esta dieta?
– Uma das minhas pacientes, Pilar, de 1,58 m de altura, pesava 92 quilos e perdeu 46 quilos em dez meses. Agora pesa 46 e readquiriu uma pele com maior suavidade e elasticidade, além de suas funções vitais estarem dentro da normalidade.

– Que vantagens tem essa dieta sobre a Dieta Dunkan?
– Os inconvenientes da Dieta Dunkan é que todos os regimes precisam de um “maestro” para se cumprir com seus objetivos. Se o doutor Dunkan é quem faz seu controle, como faz com as celebridades, a dieta funcionará, mas duvido muito que se consiga com a ajuda única de um livro.

– Além dos suplementos, você prescreve algum remédio a seus pacientes?
– Com esta dieta, acrescento o consumo de complexos vitamínicos e minerais, já que, ao reduzir o consumo de açúcar, o corpo começa a queimar gordura e se formam corpos cetônicos, que são eliminados pela urina com seus correspondentes sais minerais.

– O senhor proíbe a pasta de dentes com mentol ou álcool e alguns anti-inflamatórios com lactose, não é isso muito drástico?
– Olhe, fazer as coisas bem custa menos que fazê-las mal. A lactose causa retenção de líquidos e o álcool ativa nosso pâncreas adormecido, dispara a secreção de insulina e queima açúcar em vez de gordura.

Refeições curtas tornam a vida mais longa
– O que acontece quando superamos todas as fases e equilibramos o peso?
– Então continua sendo necessário comer cinco vezes por dia, começando pelos alimentos mais energéticos de manhã e ir reduzindo conforme passa o dia em quantidades proporcionais. Eu sempre digo que “refeições curtas tornam a vida longa”.

– Frutas depois do almoço ou do jantar?
– As frutas ou sobremesas devem ser ingeridas no meio da manhã ou da tarde. O mito do suco de laranja de manhã é errado, porque você injeta açúcar na veia. O necessário são as frutas aquosas e ácidas como laranja com bagaço, kiwi, tangerina, morangos e abacaxi, verdura, quanto mais verde, melhor.

– Pode-se comer chocolate preto?
– Eu aconselho o chocolate preto porque contém um aminoácido que é o triptófano, pelo qual o corpo gera serotonina e melatonina, dois neurotransmissores que propiciam tranquilidade e sono noturno.

– E qual dieta você aconselha para estar em forma, embora não seja muito obeso?
– Se uma pessoa quer perder três quilos para a “operação biquíni”, que faça a dieta que quiser, inclusive a dieta Dunkan, que é a filha ilegítima da Atkins. Não há nenhuma dieta ruim.

– O álcool é muito prejudicial para as dietas?
– O álcool tem um alto valor energético: se fazemos uma semana de dieta sem álcool e outra semana de dieta com álcool, se engorda o dobro do que se emagreceu na semana anterior.

Conselhos para não engordar
– Que conselhos você pode dar para não se engordar?
– Eu aconselho comer em prato grande verdura, pescado ou marisco e, em prato pequeno, legumes, fécula (batatas) e arroz.

– E por último, o que garante sua “Dieta Flash”?
– Uma perda imediata de peso, normalização da glicose, do colesterol e do ácido úrico e melhoria e rejuvenescimento físico.

No mundo todo existem um bilhão de pessoas com sobrepeso, ou seja, pacientes com um Índice de Massa Corporal (IMSD) superior a 40, segundo a OMS. E, para este grupo, cada dia que passa, equivale a 1,5 dia de sua vida.

Atualmente, Manuel dirige a unidade de Dieta Emagrecedora Proteinada nos sete centros médicos do Grupo Policlinic, na cidade de Sant Cugat del Vallés (nordeste da Espanha), com 14 médicos , mais de 20 mil pacientes e cerca de 200 médicos formados em suas salas de aula.

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627