Engenheiro sugere jogos com três tempos de 30 minutos contra o calor do Qatar em 2022

Publicado em quinta-feira, julho 7, 2011 ·

80962_W220Q60I2SASRFHFVRLRRCLCTCRCBUm engenheiro responsável por obras da Copa do Mundo de 2022, que será disputada na Qatar, encontrou uma solução original para ajudar a combater o calor no país durante a competição: disputar os jogos em três tempos de 30 minutos cada, em vez de dois de 45 minutos, como está na regra.

A ideia genial foi dada por Michael Beavon, diretor da empresa responsável por desenvolver a tecnologia de ar condicionado nos 12 estádios que receberão o primeiro Mundial a ser disputado no calor do Oriente Médio.

Durante uma conferência sobre infraestrutura, em Londres, ele disse que a ideia é manter a temperatura nos gramados em torno dos 24º C, temperatura em que o risco de problemas provocados pelo calor é moderado. Mas, por via das dúvidas, acha que a entidade poderia dar uma “mãozinha” para que os jogadores não se sintam mal.

– A idéia é que os jogadores possam se reidratar antes de continuar no jogo, mas é claro que é algo que envolve programação de TV e outros assuntos comerciais. Nossa promessa é criar condições para uma temperatura moderada, porque os jogos têm de ser disputados numa temperatura aceitável.

A divisão do jogo em dois tempos de 45 minutos está prevista na regra 7 do futebol, e foi padronizada em 1930, ano da primeira Copa do Mundo. Até hoje, houve vários exemplos de Copa do Mundo “quente”, como a de 1994, nos Estados Unidos, com a final disputada ao meio-dia, no horário local, por causa do fuso horário desfavorável à Europa.

A Fifa já avisou que qualquer alteração terá de passar pelo International Board, o conservador órgão que estuda (e quase nunca aprova) mudanças nas regras, e que até agora não houve nenhum pedido oficial do Qatar para discutir o assunto.


R7

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627