Em um período de 9 horas, polícia registra seis assassinatos na grande João Pessoa

Publicado em sexta-feira, junho 10, 2011 ·

disparando-el-revolverEm um período de nove horas, entre as seis da manhã e às três horas da tarde, a Polícia registrou seis homicídios na grande João Pessoa, quatro na capital e dois em Santa Rita. O último homicídio aconteceu por volta das três horas da tarde, na comunidade Santa Emilia de Rodat, por traz do Cemitério Senhor da Boa Sentença.

A vítima foi um rapaz aparentando 25 anos de idade que estava trajando apenas uma bermuda. Ele foi morto com cerca de dez tiros e oito facadas e estava em uma moto que foi roubada por volta das 11 horas da manhã, no cruzamento das avenidas Dom Pedro II e Maximiniano Machado. Moto era uma Yamaha YBR de cor preta e placa NPV 2137.

O dono da moto, Anderson Ferreira Barbosa, foi comunicado pela polícia que a moto dele havia sido encontrada, foi até o local do crime. Ele reconheceu o rapaz morto como sendo o assaltante que tomou a moto. Ele contou que parou no cruzamento e foi abordado pelo rapaz estava correndo, dando a entender que estava fugindo de um homem armado.

A suspeita da policia é que o rapaz tenha ido a Comunidade fazer algum contato ligado ao trafico de drogas e acabou sendo morto.

Dia de Cão

A sexta-feira foi marcada pela violência, na cidade de João Pessoa. Tudo começou às seis da manhã, quando um preso do regime semi-aberto foi assassinado nas proximidades da Penitenciária Média de Mangabeira. A vítima foi identificada por “Naia” e o crime foi cometido por um homem que usava camisa branca, bermuda quadriculada, tênis e uma bolsa.

O segundo homicídio aconteceu na comunidade Saturnino de Brito, no Varadouro. Um rapaz com aparência de 25 anos foi morto com vários tiros no tórax e na cabeça. O corpo foi levado para o Gemol sem identificação.

Por volta do meio dia, a polícia foi comunicada a respeito de dois corpos que estavam numa estrada que dá acesso ao Conjunto Marcos Moura, em santa Rita. Os dois foram mortos com tiros na cabeça: o rapaz usava uma bermuda cinza e uma camisa amarela e a mulher estava com calça jeans e uma blusa vermelha. Os dois não tinham documentos e com eles os policiais encontraram um pedaço de papel com uma relação de nomes de números de aparelhos celulares.

Na seqüência da violência, o caso seguinte aconteceu por volta das duas horas na comunidade do Cordão Encarnado, em João Pessoa. A vítima foi o dono de um fiteiro identificado pelo primeiro nome Luiz, que há cerca de três meses teve dois filhos assassinados; um no mesmo local onde ele foi morto e o outro foi baleado na porta de casa e morreu no Hospital de Emergência e Trauma.

Às 15 horas, aconteceu o sexto homicídio na Comunidade Santa Emília de Rodat.

informações de Jerônimo Ferreira
Jonas Batista

Paraíba.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627