Solânea

Em Santa Fé: Dom Aldemiro celebra missa dos 136 anos de morte do Pe. Ibiapina

Publicado em quarta-feira, Fevereiro 20, 2019 ·

Nessa terça-feira (19), aconteceu a tradicional Festa do Padre Mestre Ibiapina, no Santuário de Santa Fé, localizado entre os municípios de Arara e Solânea. Com a celebração de uma missa, presidida pelo bispo diocesano de Guarabira Dom Aldemiro Sena, os fiéis lembraram os 136 anos da morte do Padre Ibiapina e agradeceram pelas bênçãos recebidas.

Milhares pessoas de várias cidades da Paraíba e também de Estados vizinhos, participaram da celebração religiosa. O Reitor do Santuário, padre José Floren, cumprimentou os fiéis destacando a obra do Padre Ibiapina em benefício do povo mais pobres, um verdadeiro apóstolo da caridade.

O padre Campos de Natal (RN), devoto declarado do Padre Ibiapina, falou sobre a solidariedade que era uma das características do Servo de Deus e fez com que ele tivesse tantos seguidores. “Que neste dia possamos nos espelhar no exemplo do Padre Ibiapina, devoto da Virgem Maria, símbolo da bondade e generosidade. Que o bem e a justiça buscados por ele e por todos possam reinar sempre” disse.

“O Padre Ibiapina foi um exemplo para nosso povo, ele dedicou a vida para ajudar os mais necessitados. E fez a diferença na história de muitas pessoas. Sempre venho aqui prestar minha simples homenagem” falou a dona de casa Magna Santos.

O jovem Petrônio Duarte mora em Solânea e disse que admira a história de vida do Padre Ibiapina. “Sou católico e desde que conheci as situações vivenciadas pelo Padre me tornei admirador dele. Esse Santuário já existe há cerca de 14 anos e sempre que posso venho demonstrar minha fé” enfatizou.

Dom Aldemiro Sena lembrou que esteve em Santa Fé ainda quando estava diácono, em retiro espiritual. “Aqui neste Santuário, marcado pela caridade, pude entrar na casa do Padre Ibiapina e senti que aqui residiu alguém com uma espiritualidade compassiva, sustentada pela vida ativa e contemplativa. Não exitei em fazer uma experiência como propagador dessa Igreja dos pobres a exemplo do Padre Mestre Ibiapina, protetor dos sofredores”, disse.

O bispo ainda acrescentou: “na nossa Igreja diocesana queremos nos aprofundar numa espiritualidade encarnada na realidade dos pobres e sofredores, sobretudo nas experiências contadas neste Memorial ao longo destes 136 anos. É na luta do dia-a-dia, na causa dos pobres e excluídos, vendo neles o rosto sofredor de Cristo, que podemos celebrar o Padre Ibiapina”.

Pascom – Pastoral da Comunicação

 

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627