Em pronunciamento, Dilma diz que governo “não pode perseguir quem não é do mesmo partido”

Publicado em segunda-feira, março 4, 2013 ·

dilma pbEntre aliados de dois partidos que pretendem disputar a sucessão presidencial – o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho ( PSB) e o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) -, a presidente Dilma Rousseff afirmou que o governo “não pode nem tem justificativa para perseguir quem não é do mesmo partido”, garantindo que o governo “mudou a forma de se relacionar”. Aplaudida várias vezes, ela ressaltou:

– Nós podemos disputar a eleição, brigar na hora da eleição, mas no exercício do mandato temos que nos respeitar, porque fomos eleitos pelo povo brasileiro.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Dilma fez as considerações durante discurso na cerimônia de entrega de 576 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida, em João Pessoa (PB). Antes da solenidade, ela visitou os apartamentos, elogiou o acabamento e até abraçou-se com moradoras.

A presidente também entregou as chaves de 22 retroescavadeiras a prefeitos da Paraíba, chamados um a um ao palco onde ela estava com as demais autoridades. O bairro onde ela esteve, na periferia de João Pessoa, fica a dez quilômetros do Centro.

A presidente vai para Itatuba, município localizado a 118 quilômetros da capital, onde inspecionará obras de abastecimento de água. Na primeira etapa da visita, Dilma será recebida em João Pessoa pelo prefeito Luciano Cartaxo (PT) e pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), peça importante do partido na sucessão presidencial de 2014.

PSB e PT vem travando uma disputa política para as eleições de 2014. No Partido dos Trabalhadores, o ex-presidente Lula defende a reeleição de Dilma. Do outro lado, correligionários do governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, o pressionam para entrar na disputa, embora o partido faça parte da base aliada do governo.

No programa de rádio Café com a Presidenta desta segunda-feira, Dilma informou que o governo está investindo um total de R$ 30 bilhões na tentativa de ampliar a oferta de água na Região Nordeste até 2014. Segundo a presidente, já foram instaladas 260 mil cisternas em municípios e povoados do semiárido brasileiro. A meta é entregar mais 240 mil até o final de 2013. Dilma citou também medidas emergenciais, como a contratação de 4.624 carros-pipas para distribuir água em 750 cidades atingidas pela seca este ano.

Fonte: O Globo

Comentários

Tags : , , , ,

REDES SOCIAIS
















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627