Em grande fase, Cruzeiro e Atlético-PR duelam no Mineirão

Publicado em sábado, setembro 14, 2013 ·

mineiraoEm campeonato de pontos corridos, jogadores e treinadores costumam dizer que cada jogo é uma decisão. E assim será o confronto entre Cruzeiro x Atlético-PR, neste sábado, às 18h30m (de Brasília), no Mineirão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

As duas equipes estão brigando na parte de cima da tabela. Com 43 pontos, a Raposa lidera o Brasileirão com quatro de vantagem sobre o segundo colocado. O Furacão aparece na quarta posição, com 35 pontos, e vai tentar reduzir essa diferença. A posição dos times na tabela reflete o bom momento das equipes.  O time mineiro vem de seis vitórias seguidas, enquanto os paranaenses não perdem há treze.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Em busca da sétima vitória seguida, dono do melhor ataque do Campeonato Brasileiro e melhor mandante da competição, o Cruzeiro quer a vitória para se isolar ainda mais na liderança e conta com o apoio da torcida para passar pelo Atlético-PR. São dez partidas em casa, com oito vitórias e dois empates diante da torcida, que promete lotar o Mineirão mais uma vez.

saiba maisVeja a tabela do Campeonato Brasileiro

Marcelo Oliveira faz apenas uma mudança em relação ao time que venceu o Goiás na última rodada: Borges deve retornar ao comando do ataque.

O Atlético-PR está invicto há 13 rodadas, com oito vitórias e cinco empates. O time, porém, empatou os dois últimos jogos, com Vasco e Fluminense. O Furacão quer voltar a vencer para abrir vantagem para o quinto colocado – o Internacional, que está quatro pontos atrás.

Para o que os próprios jogadores consideram como o jogo mais difícil do Brasileirão até agora, Vagner Mancini não terá o meia Paulo Baier. O técnico faz mistério sobre quem entra no meio-campo, assim como sobre quem será o titular na lateral esquerda. O resto do time deve ser o mesmo do 1 a 1 com o Flu.

Header Transmissão  - Cruzeiro x Atlético-PR (Foto: Editoria de Arte)

header as escalações 2

Cruzeiro: o técnico Marcelo Oliveira faz mistério apenas no ataque. Com os retornos de Borges e Júlio Baptista, o treinador não revela quem será o companheiro de Willian na frente. Na lateral-direita, Ceará deve ser mantido entre os titulares. O provável Cruzeiro para enfrentar o Furacão é: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Borges (Júlio Baptista).

Atlético-PR: o técnico Vagner Mancini faz mistério sobre a escalação. São duas dúvidas. O meia Zezinho briga por posição com Maranhão na lateral esquerda. Zezinho também é opção para o meio-campo. Sem o poupado Paulo Baier, ele disputa vaga com Felipe. Com isso, o Furacão deve entrar em campo com Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Maranhão (Zezinho); Bruno Silva, João Paulo, Everton e Zezinho (Felipe); Marcelo e Ederson.
quem esta fora (Foto: arte esporte)

Cruzeiro: Dagoberto recebeu dois jogos de suspensão pela expulsão contra o Vasco e é desfalque. Os jovens Allison, Vinícius Araújo e Wallace foram convocados para a Seleção Brasileira Sub-20. Tinga e Martinuccio ainda não estão 100% e também não jogam.

Atlético-PR: o zagueiro Cleberson, os laterais Pedro Botelho e Willian Rocha, o meia Marco Antônio e o atacante Bruno Furlan estão em recuperação no departamento médico.

header pendurados (Foto: ArteEsporte)

Cruzeiro: Alisson, Dedé, Henrique, Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Mayke, Ricardo Goulart, Souza, Tinga e Vinícius Araújo.

Atlético-PR: Ederson, Felipe, João Paulo e Luiz Alberto.

header o árbitro (Foto: ArteEsporte)

Raphael Claus (SP) apita o jogo, auxiliado por Marcelo Van Gasse (SP) e Katiuscia Berger Mendonça (ES). O árbitro trabalhou em seis partidas neste Brasileiro. Raphael Claus aplicou 3,7 cartões amarelos em média e nenhum vermelho. Ainda marcou média de 30 faltas por jogo e não assinalou pênaltis. O campeonato tem média de 4,3 cartões amarelos e 0,3 cartões vermelhos. São 34,6 faltas em média por partida e 0,2 pênalti por confronto.

header_estatisticas (Foto: arte esporte)

Cruzeiro: Time que mais finaliza na competição (média de 16,3 por partida), o Cruzeiro também é o time com o melhor ataque disparado no campeonato, com 44 gols marcados. Em média, a equipe consegue marcar um gol a cada 7,4 arremates à meta adversária. No Mineirão, a Raposa segue imbatível neste Brasileirão. Até agora, foram sete partidas disputadas no estádio, com seis vitórias e um empate. O time ainda tem se mostrado muito combativo, sendo a segunda equipe com mais roubadas de bola (em média, 14,8 por partida).

Atlético-PR: O Furacão tem um bom retrospecto recente diante do Cruzeiro em partidas no Mineirão pelo Campeonato Brasileiro. Nas últimas seis partidas entre as equipes no estádio, foram três vitórias da equipe paranaense, dois empates e apenas um triunfo dos mineiros. O Atlético-PR ainda defende a invencibilidade de 13 partidas no campeonato. Se for levar em consideração a quebra de tabus, vale lembrar que o Furacão venceu o Atlético-MG no Independência, na 10ª rodada, quebrando a invencibilidade de 38 partidas do xará mineiro.

header_na_historia (Foto: arte esporte)

Os dois times querem esquecer a última partida entre as equipes. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, Atlético-PR e Cruzeiro empataram por 2 a 2, na Vila Olímpica do Boqueirão. Com o gramado em péssimas condições por causa da chuva, o jogo foi disputado às 15h, pois o estádio não tem iluminação artificial.Clique e saiba mais sobre este jogo no Futpédia.

globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627