Em dois estados, condenações do estuprador carioca somam 45 anos

Publicado em quarta-feira, agosto 3, 2011 ·

abner1As condenações de Fábio Pereira de Souza, conhecido na Paraíba como Abner Machado Pereira Neto, o homem que confessou ter estuprado duas meninas em João Pessoa, já somam 45 anos no país. O Paraíba1 teve acesso à documentação da Polícia Militar e do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que informa a existência de vários mandados de prisão em aberto.

Só em Minas Gerais, o estuprador soma 33 anos de condenações. A primeira condenação, de seis anos, é referente um crime de 1994, no município de Barbacena. Em Juiz de Fora, Fábio foi condenado a também seis anos referente a um crime de 1996. Este último crime foi devolvido por extinção de punibilidade, já que o homem não foi encontrado. Em todos os casos o bandido está envolvido em casos de estupro.

Em São João Nepomuceno, ele foi condenado a nove anos. Desta vez, o estuprador, que era conhecido como Bill Clinton, foi preso. Após uma rebelião no presídio, vários detentos foram transferidos para locais diversos. Fábio foi transferido para a cidade de Rio Preto, de onde conseguiu fugir. Depois disso, ele foi condenado a mais 12 anos de prisão.

No relatório da polícia mineira consta, ainda, uma condenação em Currais Novos, no Rio Grande do Norte, referente a um crime de 1999. A condenação foi de 12 anos, mas ele não foi preso. A PM também tem informações de um estupro cometido cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro.

Fábio, ou Abner, atuava na Paraíba desde 2007 e 16 mulheres, sendo a maioria crianças e adolescentes, já se apresentaram na delegacia como vítimas e reconheceram o criminoso. Ele foi preso na semana passada e está detido em cela isolada na carceragem da Central de Polícia da Capital. A transferência do detento deve ser feita até a próxima quinta-feira (4), mas ainda não se sabe para qual presídio.

Já foi confirmada mais uma vítima no Rio Grande do Norte e duas em Fortaleza, no Ceará. Existem registros de crimes cometidos por ele desde 1992. Uma de suas vítimas da Paraíba, uma garota de 13 anos, está grávida de quatro meses e acredita que ele seja o pai da criança.

Da Redação com paraíba1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627