Em dia de Willian, Corinthians frustra volta de Abel ao Flu

Publicado em domingo, junho 12, 2011 ·

willianO técnico Abel Braga não gostará de relembrar o seu retorno para o Fluminense em 2011, e muito graças ao atacante Willian. Com dois gols do jovem jogador, que assumiu a camisa 7 nesta semana, o Corinthians derrotou o Fluminense pelo placar de 2 a 0, em confronto realizado na tarde deste domingo, no Estádio do Pacaembu, e subiu para a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.

O resultado positivo mantém a invencibilidade do Corinthians na Série A, e impede que o rival São Paulo dispare na liderança. Com dez pontos, o clube comandado por Tite diminuiu novamente a desvantagem para o adversário para apenas dois. Em contrapartida, o Fluminense segue estacionado com apenas seis pontos na competição nacional.

Tite confirmou as presenças de Jorge Henrique e Liedson minutos antes de o Corinthians entrar em campo. A presença do camisa 23, que renovou nesta última semana o contrato com o clube alvinegro até 2014, aumentou a capacidade ofensiva da equipe do Parque São Jorge. O resultado da maior eficiência do ataque foi o gol marcado por Willian, logo aos 6min de partida, após ótimo cruzamento de Danilo.

O gol diminuiu o ritmo da equipe da casa, mas uma sequência de erros da defesa do Fluminense resultou no segundo gol corintiano. Após chute de fora da área de Paulinho, Ricardo Berna espalmou para o meio da área. Na tentativa de obter o rebote, Liedson acabou agarrado por Leandro Euzébio: pênalti. Na cobrança, Willian deslocou o goleiro adversário e decretou uma ótima vantagem, após um bom primeiro tempo da agremiação paulistana no Pacaembu.

Em desvantagem, o Fluminense pressionou durante a maior parte do segundo tempo. Entretanto, com poucos espaços no setor de meio-campo, em virtude da postura mais recuada do time da casa, o clube das Laranjeiras procurou o ataque por intermédio de bolas alçadas para a área. Os cruzamentos, contudo, não passaram pela defesa paulista, bem posicionada até o fim do confronto.

Embalado na competição nacional, o Corinthians volta a campo somente no dia 26, data em que disputará o primeiro clássico na Série A. O clube de Parque São Jorge enfrentará, a partir das 16h (de Brasília), o São Paulo, atual líder do Brasileiro com 100% de aproveitamento, no Estádio do Pacaembu. Por outro lado, o Fluminense encara o Bahia, no próximo sábado, no Engenhão.

O jogo

Dúvidas para o confronto deste domingo no Pacaembu, Jorge Henrique e Liedson acabaram escalados por Tite para a estreia do time de Parque São Jorge no estádio municipal neste Campeonato Brasileiro. Posicionado no meio-campo, o camisa 23 tornou o Corinthians mais ofensivo desde o apito inicial – a equipe paulista buscou pressionar a saída de bola do Fluminense e trabalhar as jogadas a partir da intermediária do adversário carioca.

O controle da posse de bola e o domínio do ritmo de jogo acabaram resultado em gol para o Corinthians logo aos 6min. Novamente titular, Danilo recebeu pela ponta esquerda, fintou Mariano e cruzou na medida para Willian. Bem posicionado, o jovem atacante corintiano desviou de cabeça no canto direito de Ricardo Berna, assinalando seu segundo gol no Campeonato Brasileiro.

O gol mudou o ímpeto do Corinthians dentro de campo. A postura ofensiva e a pressão sobre a defesa adversária do início do confronto cessou, e o Fluminense cresceu no encontro. Aos 22min, Fred recebeu um ótimo lançamento dentro da área, mas demorou ao finalizar e acabou travado por Fábio Santos. No minuto seguinte, Conca cobrou escanteio na direção de Gum, que desviou firme de cabeça e obrigou uma ótima defesa de Júlio César.

A melhora do Fluminense na partida, ocorrida especialmente pela aproximação do setor de meio-campo com Fred, acabou apagada por duas falhas individuais. Aos 29min, Paulinho arriscou de fora da área e Ricardo Berna espalmou para o meio da área. Ligado na jogada, Liedson buscou o rebote, mas foi agarrado por Leandro Euzébio. O árbitro flagrou o lance e apitou o pênalti para o clube paulista.

Em uma ótima tarde no Estádio do Pacaembu, Willian mostrou confiança e pediu a bola para bater a infração. Com categoria, muita precisão e estilo, o camisa 7 corintiano deslocou Ricardo Berna e anotou o segundo gol do clube de Parque São Jorge diante do Fluminense neste domingo.

A ótima vantagem corintiana diminuiu de vez a intensidade da equipe de Tite na primeira etapa. Tranquilo em campo e ditando o ritmo de jogo, o clube de Parque São Jorge acabou ameaçado pelo Fluminense somente aos 44min, quando Conca bateu falta com categoria e exigiu boa intervenção de Júlio César.

Atrás do marcador, o Fluminense retornou para o segundo tempo de outra forma: buscando o ataque e ignorando o ritmo de jogo do Corinthians. Mais ofensivo, o time carioca assustou o torcedor corintiano presente no Pacaembu logo a 1min. Souza, que entrou no intervalo na vaga de Edinho, cobrou falta para a área e viu Júlio César fazer uma grande defesa, evitando que a bola entrasse na segunda trave.

O forte ritmo imposto pelo Fluminense surpreendeu o Corinthians. Sem ação ofensiva e falhando nos contra-ataques, o clube do Parque São Jorge permitiu ao visitante dominar o duelo durante a primeira metade da segunda etapa. Entretanto, para sorte paulista, Júlio César novamente estava em uma tarde inspirada. Aos 4min, Souza recebeu na grande área e chutou cruzado, nas mãos do goleiro adversário.

Sem poder de ataque, Tite mudou. Dúvida durante a semana, Liedson não suportou o forte ritmo do rival e deixou o campo para a entrada de Emerson, que deixou o Fluminense de uma maneira conturbada, após expor brigas internas com o capitão Fred, para acertar com o Corinthians.

A entrada de Emerson diminuiu o ímpeto do Fluminense. O atacante conseguiu, aos 28min, puxar o primeiro contra-ataque efetivo do Corinthians na segunda etapa. O ex-atleta do clube carioca driblou Ricardo Berna e cruzou para Willian dentro da área. Entretanto, antes de a bola chegar ao artilheiro da tarde no Pacaembu, Gum afastou o perigo.

O Fluminense, por outro lado, buscou pressionar até o final do jogo. Sem espaço no meio-campo, em virtude da postura mais cautelosa do Corinthians, o time visitante alçou bolas na área, mas não conseguiu passar pela defesa adversária. Bem postado, o clube alvinegro evitou que a bola chegasse a Júlio César e segurou o terceiro resultado positivo da agremiação comandada por Tite no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 2 x 0 Fluminense

Gols

Corinthians: Willian, aos 6min do primeiro tempo, e aos 30min do primeiro tempo

Corinthians
Júlio César; Welder, Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Jorge Henrique (Cachito Ramírez); Willian (Morais) e Liedson (Emerson)
Técnico: Tite

Fluminense
Ricardo Berna; Gum, Edinho (Souza) e Leandro Euzébio; Mariano, Valencia, Deco (Marquinho), Darío Conca e Julio Cesar; Fred e Tartá (Rafael Moura)
Técnico: Abel Braga

Cartões Amarelos
Corinthians: Danilo e Paulinho
Fluminense: Leandro Euzébio, Souza e Rafael Moura

Público
20.777

Árbitro
Márcio Chagas da Silva (RS)

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Terra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627