Operação Xeque-mate

Em depoimento, Leto afasta vínculo com radialista Fabiano Gomes

Publicado em terça-feira, julho 9, 2019 ·

Continuar a colaborar com a justiça. É essa a decisão do ex-prefeito de Cabedelo, Leto Viana, ao término do depoimento na audiência da Operação Xeque-mate que acontecia desde às 8h30 desta terça-feira (09) e terminou por volta das 15h30.

“Não estou aqui para me defender, mas para colaborar com a Justiça. Estou à disposição para o que precisarem de mim”, disse Leto, em última declaração durante o depoimento.

O ex-gestor chegou ao local com um colete a prova de balas e permaneceu com ele até o fim da audiência.

VÍNCULO COM FABIANO GOMES

Ainda durante o depoimento, Leto negou qualquer vínculo como radialista Fabiano Gomes, que também foi um dos alvos da Operação Xeque Mate.

Segundo o ex-prefeito, Fabiano era consultor do empresário Roberto Santiago antes mesmo dele assumir a gestão de Cabedelo. O comunicador seria o responsável pelas estratégias de marketing para barrar a construção do Pátio Shopping Intermares. Ainda segundo o ex-prefeito, o elo financeiro de Fabiano seria apenas com Roberto Santiago.

As declarações convergem com o depoimento prestado pelo ex-prefeito Luceninha à Polícia Federal. Na oportunidade, Luceninha negou ter sofrido pressão por parte de Fabiano para renunciar ao cargo de prefeito e disse que o procurou apenas para pedir ajuda para a redação de sua carta-renúncia.

ESPOSA DE LETO NÃO QUIS FALAR

A esposa dele, a vereadora afastada Jaqueline França também depôs nesta terça-feira (09). Diferentemente do marido, Jaqueline preferiu permanecer calada.

“Uso meu direito de ficar calada”, respondeu a parlamentar a todas as indagações recebidas na audiência.

PB Agora

 

 

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS














INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627