Elementos que mataram Pai Romero confessam que crime custou R$ 2 mil

Publicado em terça-feira, dezembro 13, 2011 ·

Dois homens foram detidos no início da tarde da segunda-feira (12), após confessarem ter matado um pai de santo na tarde do domingo (11), no Distrito de Mata Redonda da cidade de Alhandra, litoral sul paraibano.

(Foto: Twitter - @emersonmofi
(Foto: Twitter - @emersonmofi

A dupla confessou a responsabilidade do assassinato de pai Romero e entregou a espingarda calibre 12, utilizada para praticar o crime.

De acordo com o sargento Ronílson Santana, da 2ª Companhia do 8º Batalhão da Polícia Militar do Município de Pedras de Fogo, a prisão foi realizada após uma blitz na manhã de hoje, quando duas motos roubadas foram apreendidas e quatro receptadores detidos.

O capitão C. Lima, declarou que os acusados afirmaram ter recebido R$ 2 mil reais para matar o pai de santo.

Após investigações, os condutores dos veículos entregaram os nomes dos antigos proprietários das motos, que foram localizados posteriormente. Um na cidade de Sapé e outro em Juripiranga.

Na rede social Twitter, a Polícia Militar afirmou que a execução pode ter sido encomendada pelo valor de R$ 2 mil.


O assassinato

O babalorixá Romero Galdino de Araujo, de 37 anos, conhecido como “Pai Romero” de Alhandra morreu na tarde deste domingo (11), após ser baleado com um tiro de espingarda e sofrer uma parada cardíaca no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Ele havia acabado de receber uma entidade quando dois homens o assassinaram na frente da mulher e das filhas.

O sepultamento

Dezenas de pessoas participaram do sepultamento do pai de santo que ocorreu no cemitério da cidade de Alhandra. O corpo foi velado durante toda a tarde de hoje, no terreiro Centro Espírita José do Despacho, onde Romero recebia seus seguidores e morava com a esposa e três filhas.







Fonte: Portalcorreio
Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627