Efraim não descarta candidatura própria do DEM e alfineta PT: ‘Estão sem posição, sem rumo’

Publicado em sexta-feira, Fevereiro 10, 2012 ·

efraim_filhoO deputado Federal Efraim Filho (DEM) foi o entrevistado desta sexta (10) do programa Rede Verdade da TV Arapuan. Ele comentou que o Democratas só vai se posicionar se apóia algum dos candidatos da base ou lança candidatura própria após agenda com executiva do partido e alfinetou o PT afirmando que é um partido sem rumo.

Diferente de alguns partidos da base aliada do governador Ricardo Coutinho os Democratas ainda não se posicionaram em relação à candidata do governo Estelizabel Bezerra, nem da outra opção que é o secretário de Comunicação Estadual, Nonato Bandeira (PPS)

De acordo com Efraim, se for escolhido lançar uma candidatura ainda haverá prévias internas para que seja definido qual o melhor nome. Ele citou o como postulantes à pré-candidatura, o Major Fábio, o ex-secretário de Segurança Pública, Eitel Santiago, o do empreendedor Júnior Evangelista e o do deputado federal Efraim Filho.

O deputado destacou que todos são bons nomes, técnicos e políticos… os Democratas avançarão nesse debate no momento certo e aproveitou para alfinetar a oposição: “Não queremos que aconteça o que aconteceu com o PT, uma ala defende uma coisa a outra defende outra. Sem Norte, sem posição, sem rumo.. os Democratas preferem primeiro buscar sua unidade interna para que o discurso que vá para a frente seja único todos falando a mesma língua”, bate.

Em relação ao PT, Efraim comentou que o partido não é da base do governador Ricardo Coutinho e afirmou que os vereadores fazem oposição, incluindo o presidente da sigla e não compôs a aliança que levou o governador à vitória. “Ficamos muito a vontade para realizar o debate que o Democratas vem tendo agora.

O arco de alianças do grupo já tem três pré-candidaturas lançadas, a de Estelizabel, a de Nonato e a de Geraldo Amorim e garantiu que o DEM vai marcar agenda para conversar com a bancada de deputados estaduais, com a executiva municipal do partido e os pré-candidatos a vereador para dizer qual a estratégia dos Democratas nessa campanha. “Se segue aliança com alguns dos pré-candidatos que já estão aí lançados ou opta por um lançamento de uma candidatura própria”, diz.

Efraim contou que o prazo do calendário eleitoral é junho, nas convenções, mas o DEM pretende antecipar essa decisão e acredita que ainda no mês de fevereiro a agenda de reuniões vai ser concluída e o partido já deve ter uma posição.

O deputado explicou que a executiva nacional tem estimulado o Democratas a participar das eleições municipais, principalmente em capitais, mas destacou que há circunstâncias em cada estado que não se pode tirar como uma média geral. “A Paraíba tem as suas circunstâncias os democratas tem procurado observá-las e a pluralidade de candidaturas que existem na base do governo nos deixa a vontade para levar esse debate à frente e se for o caso que o DEM possa ter luz e caminho próprio nessas eleições”, diz.

Os democratas hoje contribuem com o governo Ricardo Coutinho e estão na base de sustentação com o vereador Bosquinho, explica Efraim, ele destaca ainda que o partido precisa ter coerência e não vai fazer oposição ao candidato do PSB.

Marília Domingues

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627