Eduardo Campos, ex-aliado do PT, pretende usar prisões do mensalão em campanha de 2014

Publicado em segunda-feira, novembro 18, 2013 ·

CC / MARIO FILHO
CC / MARIO FILHO

Aliado do PT nos dois mandatos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e no governo da presidente Dilma Rousseff, o PSB, que rompeu com o governo para lançar a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, não deixará de usar as prisões do mensalão nas campanhas nos estados.

 

Ainda não se tem uma postura quanto a campanha nacional, mas em pelo menos em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul, o assunto estará na campanha.

 

“Não posso esquecer que fui relator desse processo, lá no início, na Câmara”, disse o deputado Júlio Delgado (MG), presidente do partido em Minas.

 

O deputado Beto Albuquerque, líder do PSB na Câmara, também não deve deixar barato já que o rompimento com o governo de Tarso Genro foi traumático.

IG

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627