Eduardo Campos é reeleito presidente do PSB

Publicado em domingo, dezembro 4, 2011 ·

EDUARDO_CAMPOSO governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), foi reeleito neste sábado (3) presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro. A escolha se deu por aclamação em reunião fechada do diretório do partido, que não lançou candidaturas concorrentes.

Antes mesmo da formalização da escolha, Campos comemorou a unidade do partido, que, segundo ele, sai “fortalecido” para as eleições municipais de 2012.

“Estamos fazendo o terceiro congresso sequenciado desde 2005 em que não há disputa de chapas no diretório. É um diretório unificado, uma renovação da direção por unanimidade”, disse ele ao G1.

Na vice-presidência, foi mantido o ex-ministro da Ciência e Tecnologia, Roberto Amaral. Ambos ficam no comando da sigla até 2014. A resolução com a relação completa da nova direção será divulgada somente a partir da próxima segunda-feira (5).

1.500 candidatos a prefeito em 2012
No congresso, Campos anunciou o plano de lançar 1.500 candidatos a prefeito em 2012. Atualmente, o partido tem 320 prefeitos e a meta, segundo ele, é eleger pelo menos 500 prefeitos no ano que vem.

“Vamos] disputar eleição em mais de dez capitais, disputar eleição em 30 das 80 maiores cidades, onde tem programa de televisão que consegue divulgar inclusive as ideias do partido para outras cidades que não podemos disputar”, disse ele.

‘Irmão mais velho’
No início do terceiro dia do congresso, o prefeito de São Paulo e fundador do PSD, Gilberto Kassab, discursou em apoio ao PSB, que chamou de “irmão mais velho”, ao falar sobre as eleições de 2012.

“O PSD está à disposição para caminhar com nosso irmão mais velho, o PSB, em todos os cantos do Brasil”, declarou ele.

Eleições presidenciais
Se dirigindo a Eduardo Campos em sua fala, Kassab o elogiou como potencial candidato à Presidência da República.

“Existe aqui uma nova geração preparada para assumir o país e nessa nova geração, quem tem mais preparo, quem está mais habilitado é você”, disse ele.

Questionado sobre o apoio, Campos reforçou que o compromisso do partido é apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014.

G1

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627